Paste your Google Webmaster Tools verification code here

Nosso portal nasceu há exatamente um ano. Foi um ano de muitas vitórias - mas queremos comemorar ainda mais nesse próximo ciclo.

Há exatamente um ano nascia o Senso Incomum, um portal na internet para reunir um dream team para escrever sobre temas culturais, políticos, econômicos e sobre qualquer assunto de relevância que vá contra as correntes do pensamento pronto, coletivo e irrefletido.

PUBLICIDADE

Em um ano, colecionamos muitas vitórias que nos enchem de orgulho. O site precisou trocar tantas vezes de servidor por excesso de acessos que se tornou custoso para nós. Em pouco tempo no ar, fomos citados por veículos de imprensa de todos os tamanhos, variando da TV de Campina Grande na Paraíba até a Jovem Pan, de pequenos blogs que nos dão um sorriso incomensurável não importando quantos leitores tenham até sermos usados como fonte da revista Time (com o “agravante” de termos conseguido uma entrevista que eles não conseguiram…).

Apesar de sermos um site pequeno, ainda começando, não temos praticamente nada a lamentar nesse primeiro ano. Foram vitórias atrás de vitórias (mesmo com tanto empenho, trabalho, canseira, noites mal dormidas e xingões de leitores).

Nós só temos a agradecer a vocês por esse ano maravilhoso! E temos certeza de que tudo o que temos a comemorar foi graças aos nossos leitores: não investimos em marketing, não temos anunciantes (ainda – #oportunidade), não temos grandes nomes por trás.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Conseguimos reunir tantas pessoas brilhantes escrevendo que nem mesmo jornais centenários, de grande circulação nacional, conseguiram. Temos maestro e temos a advogada que tirou o PT do poder depois de uma década e meia. Temos o maior crítico literário do Brasil e o maior especialista em política americana abaixo do Equador. Temos teólogo e publicitário, professor e escritor, empresário e psicólogo. Raros sites podem se orgulhar de uma equipe tão grandiosa e tão abrangente – ainda mais em seu primeiro ano de idade.

Contando apenas com nossas redes (Facebook e Twitter) para fazer barulho, conseguimos muitas vezes desmentir boatos, recobrar pensamentos, ir contra toda uma hegemonia cultural de pensamento único no jornalismo, nas mídias, na academia e no discurso público geral e, muitas vezes, sermos referência no debate.

PUBLICIDADE

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Nosso propósito pode ser resumido num tripé. Traduzir temas correntes de difícil entendimento (de pedaladas a manipulação da mídia americana), de forma que o senso de realidade possa ser restabelecido. Apresentar idéias novas que ainda não são correntes no Brasil, sobretudo aquelas ditas “estranhas”, até mesmo “extremas”, por boa parte de quem possui idéias ultrapassadas e radicais, tratadas com naturalidade artificial pela imprensa. E provocar pensamentos que estão tão assentados, protegidos do debate, da análise racional, dados até como se fossem dados da Natureza, quando são pura ideologia – e que se desmancham no ar quando confrontados.

Esperamos nesse próximo ano não apenas continuar nesse caminho: queremos crescer, fazer coisas diferentes do que fizemos até agora, surpreender, instigar, provocar e incomodar inclusive nossa audiência consolidada – um site com este nome não pode nunca se acomodar, nem mesmo no que os nossos leitores usualmente pensam.

Já temos um podcast que já ficou entre os mais ouvidos do Brasil, mas queremos mais. Nossa política editorial ficará aberta ao público a partir dessa semana, então teremos novas contribuições, para o site não ficar sempre com as mesmas caras escrevendo. Queremos crescer: a internet já mostrou que é o grande calcanhar de Aquiles do pensamento hegemônico com sua descentralização, e é onde podemos mostrar força e ter um novo equilíbrio nos velhos pensamentos engessados do Brasil.

Precisamos de novos conceitos, revisar velhas palavras desgastadas, entender e aplicar idéias novas ou esquecidas. É por isso que atacam tanto o senso comum em nosso país e no mundo, e ele se tornou tão incomum que precisa ser reexplicado.

Contamos com sua ajuda para podermos continuar crescendo e não estancarmos onde estamos. Toda contribuição é fundamental, desde aquela pequena curtida no fim dos nossos textos até apresentar o site para os amigos, divulgar os posts ou contribuir em nosso Patreon. Empresários, saibam que podem investir no site, podemos ter boas parcerias. E não se esqueçam de que a boa batalha hoje se transferiu para as redes.

Aguardem por muitas novidades para breve e esperamos fazer ainda melhor nesse segundo ano. Parabéns a todos que nos ajudaram com o site – e parabéns e muito obrigado a todos os nossos leitores!

Happy birthday! \o/

  • Paulo R. V. Moraes

    Parabéns! Agradeço a toda equipe pelo brilho e elegância que a página conferiu a este primeiro ano graças ao bom humor e ao alto nível das matérias aqui colocadas. Que todos possamos festejar juntos muitos aniversários mais.

  • Ricardo Ribeiro

    Quando vocês vão iniciar o sistema de doação direta em reais?

Sem mais artigos