Pós-eleições, impeachment e, agora, com as eleições americanas, direita e esquerda nunca estiveram mais divididas. Como pensam o mundo atual?

Guten Morgen, Brasilien! Se as eleições brasileiras e o impeachment dividiram o Brasil cada vez mais claramente entre direita e esquerda, as eleições americanas são ainda mais chocantes em cindir claramente duas mentalidades tão opostas.

Mas será que direita e esquerda são exatamente opostos perfeitos, como se bastasse multiplicar o que uma pensa por -1 e chegaremos à outra? Para entender o que acontece no mundo hoje, e por que tais conceitos são tão complicados para pessoas como Vladimir Putin, Recep Erdoğan ou Adolf Hitler? E o que dirá de conceitos como Estado laico e a imigração islâmica no Ocidente?

Para jogar algumas luzes sobre o debate, precisamos analisar não apenas o que esquerda e direita têm a dizer a respeito de si próprias e de suas antagonistas: também é necessário analisar os aspectos históricos que geraram cada uma. Não apenas isso, mas o lado sentimental envolvido em cada visão de mundo. E, sobretudo, as conseqüências na mentalidade, nos valores, nas referências, no conhecimento, nos objetivos e métodos de cada um deles.

Como já afirmamos em episódios anteriores, a esquerda é mais intelectual, no sentido de que pretende ter uma sociedade dirigida por intelectuais, enquanto a direita, com força basicamente no complexo anglo-saxão (Inglaterra e América), tem como pressuposto a filosofia do senso comum (common sense), dos contratos mútuos, do Estado mínimo, da economia livre, da religião e moralidade, sem direção de intelectuais.

Não quer dizer que não existam intelectuais de direita, e sim que a intelectualidade de direita, praticamente desconhecida pela intelectualidade de esquerda, não pretende, em sua vasta maioria, dirigir a sociedade.

Neste episódio, fazemos uma análise da comparação de pensamento entre as duas mentalidades, que diverge em conceitos, em métodos, em desejos, em sentimentos. Ninguém melhor do que alguém claramente de esquerda, como Marcelo Freixo, para mostrar, em um exemplo também didático, a Marcha Para Jesus, alguma âncora clara da diferença sólida de pensamento, de sentimento e de ação entre esquerda e direita.

Passeando por temas que como utopia, revolução, religião, geopolítica, Dostoievsky ou a filosofia de Vicente Ferreira da Silva, tentamos entender como a esquerda e a direita se comportam em diferentes circunstâncias, para aqueles que se confundem tanto com termos tão confusos.

Sobretudo: como funciona o poder e a força da lei para cada um dos lados?

A produção é de Filipe Trielli e de David Mazzuca Neto, no estúdio Panela Produtora.

Guten Morgen!

  • João Paulo

    O podcast do Flávio cujo tema principal é política diferencia-se dos demais podcasts que eu conheço, pois ele demonstra um profundo conhecimento sobre os temas abordados expondo de uma maneira clara e exata sem rodeios as nuances da disputa de poder tanto no Brasil quanto no resto do mundo principalmente desmascarando a mídia tradicional em suas notícias eufemisticamente direcionadas para a visão de mundo da esquerda.

  • lcfreezer

    Não terminei de ouvir, e gosto muito do conteúdo de vocês, mas foi irritante. Você ficou GRITANDO toda hora que falava em “criminalizar”. Por favor, não repita nos próximos, abç,

  • Lumpemproletariado Latino

    Qual podcast é pior? Mamilos ou Anticast?

    • Ailton Ferreira

      Rapaz, eu escutei Anticast pra caramba há algum tempo atrás, felizmente estou um pouco menos burro hoje em dia e não faço essas merdas mais!!!
      Mamilos eles tentam dá uma segurada ainda, parecer menos loucos, o Anticast é coleira solta mesmo.

      • Lumpemproletariado Latino

        Bem-vindo ao clube. Eu só tenho a agradecer ao Senso Incomum, um podcast que expõe como nem tudo o que é dito no Anticast e no Mamilos é verdade absoluta.

  • Ilbirs

    A voz do Marcelo Freixo é a do Emerson Catatau da UPES-SP, apenas algumas oitavas acima…

  • Arnaldo cardoso

    Eduardo Bolsonaro compartilhou matéria de vocês, achei bacana quando vi.

  • Adriano Sacras

    Muito bacana o podcast, mas falar sobre esquerda x direita sem citar Conflict of vision do Sowell torna qualquer discussão mais pobre… Para quem quiser, há um vídeo muito legal no YouTube (em inglês) que resume bem a ideia do livro por meio de animação: https://youtu.be/GkCSbANBeuI

Sem mais artigos