Neste episódio de nosso podcast, juntamo-nos a todo o país e voltamos os olhos para Brasília, onde o Apocalipse chegou para todos.

Guten Morgen, Brasilien! Após um atraso devido a mudanças, voltamos no olho do furacão – ou será que nem estamos mais no olho? – do Apocalipse se revelando em Brasília! Não teria como ser diferente, na semana de áudios vazados, de Michel Temer na corda bamba, de Aécio Neves voltando ao pó, da discussão sobre impeachment, renúncia, eleições diretas ou indiretas… enfim, difícil é saber o que não aconteceu em Brasília nessa semana.

PUBLICIDADE

Enquanto o país só têm a certeza clara de que o Congresso, o Executivo federal o Judiciário e a mídia estão todos mancomunados em algo ruim, só conseguimos mesmo ter a certeza de que Brasília se apartou de vez da população que lhe paga e que é ordenada por ela.

O Brasil virou de fato uma disputa de gravações, vazamentos e o que vai pegar mal para algum político ou player importante na mídia. Tudo visa um jogo eleitoral, muitas vezes confundido com ideológico: Brasília inteira tem mais informações do que nós, mas vai divulgando aos poucos pela mídia, não por interesse do público, mas como recado e ameaça entre si, que nós, povão ignorante rés-do-chão que pega busão lotado, nunca entende.

Os vazamentos completam o que Ricardo Molina escreveu no livro O Brasil na fita, relatando a guerra de delações, escutas, vazamentos e arapongas da Abin em Brasília – e exigem que se entenda suas diferenças em relações a países mais civilizados como a América.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

E como ficará o desgoverno de Michel Temer sob estas nuvens negras?

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Por fim, nosa recomendação literária, também embebida em política nessa semana: o livro O cofre do Dr. Rui, de Tom Cardoso, sobre o assalto mais famoso da ditadura, protagonizado pelo marido de Dilma Rousseff e que teve seu envolvimento direto depois. O livro não vale apenas como uma história longínqua: mostra em poucas páginas qual a relação da esquerda brasileira com o dinheiro e o poder, de maneira que explica muito o que acontece em Brasília hoje.

PUBLICIDADE

A produção é de Filipe Trielli e David Mazzuca Neto, no estúdio Panela ProdutoraGuten Morgen, Brasilien!

—————

Assine nosso Patreon ou Apoia.se e tenha acesso à nossa revista digital com as Previsões 2017!

Sem mais artigos