Não há razão para Aécio não ser preso: seus eleitores votaram nele só pra não ter de votar no PT, e só o PT tem militância armada pró-bandido.

É bizarro Aécio Neves não ser preso. O único motivo que faz a PF e o MP não prenderem Lula e também Dilma não é a opinião pública (Dilma saiu com aprovação de 9%, só 5,5% maior do que Temer). Chamam-se MST, CUT, UNE e demais braços armados, literalmente, do Foro de São Paulo.

PUBLICIDADE

O PT é o ÚNICO partido no país que tem seus grupos paramilitares, que só servem para tocar o terror no país livremente, sem ninguém respondê-los, já que, supostamente, se dizem “do povo”, ou até mesmo o próprio povo (apesar de a UNE ser do PCdoB, verticalizada e burocrática, serve antes aos interesses do PT).

Não há nenhuma opinião pública favorável a partido nenhum, mas o PT tem ideologia, o que mais nenhum outro partido tem – por isso tem ainda uma meia dúzia de doutrinadores no jornalismo, na Academia e no sistema jurídico, e alguns convencidos pela lobotomia fora desta burocracia.

Não são dos ideólogos, mas da militância armada que a lei tem certo receio: a militância fechando rodovia e aeroporto, botando fogo em prédio público, quebrando lojas, agredindo trabalhadores.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

PSDB e Aécio Neves, ou qualquer outro político local, não tem militância e nem sequer ideologia: 99,9% de quem votou em Aécio Neves estava votando contra o PT, e não por acreditar em qualquer virtude de Aécio (no máximo, a de não ser um petista).

A Justiça pode mandá-lo pra cadeia tranqüilamente: quem votou em Aécio quer vê-lo tão preso quanto os petistas. A única diferença é que quem tapou o nariz na urna e votou em qualquer lixo que não seja petista quer tudo quanto é bandido preso: quem votou no PT quer que o PT roube do povo brasileiro e que fique com uma parte do butim.

PUBLICIDADE

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

De quebra, ainda ganharíamos o fim das desculpas do PT, que ainda acredita que alguém gosta de Aécio (ou Temer, ou Cunha, ou quem quer que eles inventem amanhã) como eles dependem dos petistas: já pensou se Lula for preso no dia seguinte à prisão de Aécio? Como ficariam as desculpas?

—————

Contribua em nosso Patreon ou Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!

Conheça o curso Infowar: Linguagem e Política de Flavio Morgenstern pelo Instituto Borborema para aprender como a política se faz pelo controle da linguagem e de sentimentos.

Faça sua inscrição para a série Brasil: A Última Cruzada, do Brasil Paralelo, e ganhe um curso de História sem doutrinação ideológica por este link. Ou você pode aproveitar a promoção com as duas temporadas por apenas 12 x R$ 59,90.

Compre o filme O Jardim das Aflições, sobre a obra do filósofo Olavo de Carvalho, por este link. Ou a versão estendida, com mais de 12 extras, por aqui.

  • Pobretano

    Isso é pouco relevante, vamo combiná. O Lula ainda tem sua militância firme e forte (pelo menos por ora), e definitivamente deve ter pouquíssima gente que votou no PT com medo do PSDB assumir o pudê ou porque “é o melhor que tem para o momento”.

    • Tenorio Amberley

      Respeito sua opinião, mas acho relevante sim. A maioria do eleitorado brasileiro é irresponsável em suas escolhas. Não adianta ficar metendo o pau no PT e na sua militância – o que é muito fácil – e passar a mão na cabeça dessa galera que se diz “politizada” ou “apolítica” ao sabor das circunstâncias.

  • Aderbal Matias

    Porque Aécio não foi preso?

    Artigo 53 da Constituição, no Parágrafo 2º:
    “Desde a expedição do diploma, os membros do Congresso Nacional não poderão ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável. Nesse caso, os autos serão remetidos dentro de vinte e quatro horas à Casa respectiva, para que, pelo voto da maioria de seus membros, resolva sobre a prisão.”

    Ou seja, quem decide sobre esse assunto é a casa onde o político atua.

  • Eduardo Sá Carneiro

    Fazia tempo que não via um trema num texto atual. Boa, Flávio!

    • AC2016

      E fica esteticamente bonito. Abaixo o “preconceito” à trema! hehehehehe

Sem mais artigos