Paste your Google Webmaster Tools verification code here

Em vez de expulsá-lo, o PT confirmou como presidenciável um condenado a 12 anos de cadeia

Era maio de 2015, o governo de Dilma Rousseff enfrentava um bom número de protestos pelo impeachment. Ou seja… A Lava Jato já tinha ido às manchetes e mexido com os piores temores da classe política nacional. Foi quando o PT aproveitou o programa político a que tem direito para prometer que expulsaria do partido qualquer filiado que cometesse “malfeitos e ilegalidades“. A promessa veio da boca de Rui Falcão em pessoa:

PUBLICIDADE

“O PT é uma instituição com milhões de filiados e simpatizantes em todo o Brasil. Gente como você, que sempre sonhou e lutou por um país mais justo e solidário. Gente que não convive nem é conivente com ilegalidades e quer, igual a você, o fim da impunidade. Por isso, qualquer petista que cometer malfeitos e ilegalidades não continuará nos quadros do partidos.”

Na sequência, o apresentador surgiu em tela acrescentando a ressalva que certamente será sacada pela militância para se enganar e acreditar que o Partido dos Trabalhadores não estaria descumprindo a promessa feita três anos antes:

“Você ouviu. Qualquer petista que ao final do processo for julgado culpado será expulso.”

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Um anos depois, o STF entendeu que a execução de pena pode ser feita após a condenação em segunda instância. Ainda há outras duas a qual Lula pode recorrer, mas, se for tratado como o cidadão comum que é, recorrerá já atrás das grades.

Em vez de aproveitar a deixa para cumprir a promessa, contudo, o petismo preferiu oficializar como candidato a presidente um condenado a mais de doze anos de cadeia. Pregando, inclusive, “desobediência civil”.

PUBLICIDADE

Mas, na manhã seguinte, a defesa entregou o passaporte do condenado. Acatando a ordem judicial, como tem que ser feito. Melhor assim.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

—————

Siga o autor deste texto no Twitter ou Facebook. Contribua em nosso Patreon ou Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Conheça o curso Introdução à Filosofia Política de Olavo de Carvalho, ministrado por Filipe Martins na plataforma do Instituto Borborema. Conheça também o curso Infowar: Linguagem e Política de Flavio Morgenstern.

Faça sua inscrição para a série Brasil: A Última Cruzada, do Brasil Paralelo, e ganhe um curso de História sem doutrinação ideológica por este link. Ou você pode aproveitar a promoção com as duas temporadas por apenas 12 x R$ 59,90.

Sem mais artigos