Reforma Trabalhista

STF enterra de vez o imposto sindical

Por 6 votos a 3, suprema corte declara constitucional o fim da contribuição sindical obrigatória

Por 6 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou nesta sexta-feira (29) pedidos pelo retorno da contribuição sindical obrigatória, o famigerado imposto sindical.

PUBLICIDADE

Os ministros analisaram um pacote com nada menos que 19 ações diretas de inconstitucionalidade contra a reforma trabalhista e só uma ação declaratória de constitucionalidade a favor da extinção do imposto sindical.

Edson Fachin, Rosa Weber e Dias Toffoli votaram pelo retorno do imposto sindical, sendo vencidos pela maioria formada por Luiz Fux, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello e Cármen Lúcia.

Ricardo Lewandowski e Celso de Mello não estavam presentes.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A maioria do STF entendeu que  a liberdade sindical está relacionada à autonomia do trabalhador (o que parece óbvio). Também consideraram que a Constituição não fixou norma rígida sobre o financiamento dos sindicatos.

O imposto sindical era equivalente ao salário de um dia de trabalho por ano. O valor chegou a R$ 3,5  bilhões em 2016. Naquele ano, só a CUT recebeu quase R$ 60 milhões.

PUBLICIDADE

—————

A revista Senso Incomum número 3 está no ar, com a reportagem de capa “Trump x Kim: Armas nucleares, diplomacia e aço”. Assine no Patreon ou Apoia.se!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Faça os cursos de especiais para nossos leitores de neurolinguística empresarial e aprenda a convencer e negociar no Inemp, o Instituto de Neurolinguística Empresarial!

Conheça o curso Introdução à Filosofia Política de Olavo de Carvalho, ministrado por Filipe Martins na plataforma do Instituto Borborema. Conheça também o curso Infowar: Linguagem e Política de Flavio Morgenstern.

Faça sua inscrição para a série Brasil: A Última Cruzada, do Brasil Paralelo, e ganhe um curso de História sem doutrinação ideológica por este link. Ou você pode aproveitar a promoção com as duas temporadas por apenas 12 x R$ 59,90.

Sem mais artigos