Integrante do PCC morto a tiros foi solto pelo STF duas vezes

Cláudio Roberto Ferreira, o "Galo", recebeu habeas corpus em 2015 e 2016

O integrante do PCC Cláudio Roberto Ferreira, o “Galo”, foi morto a tiros na noite desta segunda-feira (23) na zona leste de São Paulo. Galo tinha 38 anos e era conhecido como ladrão de bancos.

PUBLICIDADE

Em 2008, Galo participou de uma perseguição policial que terminou com três mortos e 11 feridos. Foi condenado a 65 anos de prisão, em segunda instância, por latrocínio, roubo, lesão corporal e organização criminosa.

Foi preso em flagrante. Em julho de 2015, o STF lhe concedeu habeas corpus. O benefício foi revogado, mas o integrante do PCC não se apresentou à Justiça.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Em agosto de 2015, Galo foi preso de novo, em um camarote da Vila Belmiro.

Em julho de 2016, o então presidente do STF, Ricardo Lewandowski, concedeu novo habeas corpus a Galo, entendendo que ele só deveria ser preso quando o processo tivesse passado por todas as instâncias. Em maio de 2017, Dias Toffoli revogou o benefício, mas de novo Galo não se apresentou à Justiça e ficou foragido.

PUBLICIDADE

Na noite desta segunda-feira, o Audi Q3 blindado que Galo dirigia recebeu cerca de 70 tiros.

Leia mais: O assalto, à mão armada, à democracia

—————

A revista Senso Incomum número 3 está no ar, com a reportagem de capa “Trump x Kim: Armas nucleares, diplomacia e aço”. Assine no Patreon ou Apoia.se!

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Faça os cursos de especiais para nossos leitores de neurolinguística empresarial e aprenda a convencer e negociar no Inemp, o Instituto de Neurolinguística Empresarial!

Conheça o curso Introdução à Filosofia Política de Olavo de Carvalho, ministrado por Filipe Martins na plataforma do Instituto Borborema. Conheça também o curso Infowar: Linguagem e Política de Flavio Morgenstern.

Faça sua inscrição para a série Brasil: A Última Cruzada, do Brasil Paralelo, e ganhe um curso de História sem doutrinação ideológica por este link. Ou você pode aproveitar a promoção com as duas temporadas por apenas 12 x R$ 59,90.

Sem mais artigos