Mais uma do Zuckerberg

WhatsApp restringe encaminhamentos para até 20 pessoas

Restrição da empresa que pertence ao Facebook busca limitar "fake news"

O WhatsApp, empresa que pertence ao Facebook, restringiu o encaminhamento de mensagens para até 20 usuários por vez. Antes, o limite era 200. A nova regra foi publicada nesta quarta-feira (15) no jornal Poder360 e antecipada no blog oficial do WhatsApp em 19 de julho (ainda sem especificar números).

A medida faz parte do esforço crescente das empresas do grupo Facebook em mostrar que fazem algo para restringir a disseminação de “fake news”. Em julho, o aplicativo passou a identificar para o usuário as mensagens encaminhadas.

A nova regra do WhatsApp pode after desproporcionalmente os candidato com menos tempo de horário eleitoral na TV, como o líder nas pesquisas, Jair Bolsonaro (PSL-RJ). Ao Poder360, o deputado afirmou:

“Eu sei que estão tentando de todas as formas impedir nossa presença nas redes. Mas estamos reagindo. Nós agora vamos fazer pirâmides. Vamos priorizar o envio para grupos de pessoas que depois poderão repassar para outras. E assim por diante. Vamos fazer pirâmides para continuar a divulgar as mensagens”.

O jornal conta que recebia quase 18 mensagens por quinzena encaminhadas por Bolsonaro (ou seja, em média, mais de uma por dia). A taxa caiu para sete (uma a cada dois dias).

—————

A revista Senso Incomum número 3 está no ar, com a reportagem de capa “Trump x Kim: Armas nucleares, diplomacia e aço”. Assine no Patreon ou Apoia.se!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Faça os cursos de especiais para nossos leitores de neurolinguística empresarial e aprenda a convencer e negociar no Inemp, o Instituto de Neurolinguística Empresarial!

Conheça o curso Introdução à Filosofia Política de Olavo de Carvalho, ministrado por Filipe Martins na plataforma do Instituto Borborema. Conheça também o curso Infowar: Linguagem e Política de Flavio Morgenstern.

Faça sua inscrição para a série Brasil: A Última Cruzada, do Brasil Paralelo, e ganhe um curso de História sem doutrinação ideológica por este link. Ou você pode aproveitar a promoção com as duas temporadas por apenas 12 x R$ 59,90.

Sem mais artigos