Não é só o Lula

Da cadeia, Cunha defende candidatura de Lula e voto em Meirelles

Ex-presidente da Câmara disse que foi condenado sem provas. Lembra alguém?

O ex-deputado federal Eduardo Cunha (MDB-RJ), preso desde outubro de 2016, escreveu uma carta da cadeia, publicada na manhã desta sexta-feira (17) em sua página no Facebook.

PUBLICIDADE

No texto pomposamente intitulado “Carta à Nação Brasileira”, Cunha diz ser vítima de perseguição por ter sido o responsável pelo impeachment de Dilma, e que, “assim como o ex-presidente Lula“, é “um troféu político da República de Curitiba”. É uma tese curiosa, já que Lula não foi a favor do impeachment… enfim.

Numa tese evidentemente em benefício próprio, Cunha afirma que “Lula tem direito de ser candidato, pois quem deve julgá-lo é a população”. A Constituição, que estabelece as funções do Judiciário, discorda.

Cunha parece fazer no texto uma ameaça, ou aviso, a candidatos como Alckmin e Bolsonaro:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“O eleitor precisa estar atento que alguns dos candidatos a presidente, se eleito forem, correm o risco de não durarem um ano de governo.

A título de exemplo, de que adianta ao candidato do PSDB ter uma base de apoio tão extensa, mas com a maioria dos parlamentares sendo contra a reforma da previdência? Imagina outros candidatos que nem base tem para apoiá-los!”.

PUBLICIDADE

O ex-deputado termina o texto elogiando o candidato Henrique Meirelles (MDB), que foi presidente do Banco Central durante o governo Lula e ministro da Fazenda de Temer:

“O nosso candidato a presidente [Meirelles] é o mais preparado; numa eleição repleta de candidatos contumazes, que trocam de legenda, mas não trocam de ambição, e de candidatos sem a menor condição de governabilidade”.

Uma coisa é certa: ao menos não existe ninguém pedindo “Cunha livre” nos debates eleitorais.

—————

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A revista Senso Incomum número 3 está no ar, com a reportagem de capa “Trump x Kim: Armas nucleares, diplomacia e aço”. Assine no Patreon ou Apoia.se!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Faça os cursos de especiais para nossos leitores de neurolinguística empresarial e aprenda a convencer e negociar no Inemp, o Instituto de Neurolinguística Empresarial!

Conheça o curso Introdução à Filosofia Política de Olavo de Carvalho, ministrado por Filipe Martins na plataforma do Instituto Borborema. Conheça também o curso Infowar: Linguagem e Política de Flavio Morgenstern.

Faça sua inscrição para a série Brasil: A Última Cruzada, do Brasil Paralelo, e ganhe um curso de História sem doutrinação ideológica por este link. Ou você pode aproveitar a promoção com as duas temporadas por apenas 12 x R$ 59,90.

Sem mais artigos