Censura nas Redes

Donald Trump: redes sociais estão discriminando conservadores

CEO do Twitter, Jack Dorsey, admitiu à CNN que funcionários da empresa são "mais de esquerda"

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, twittou no sábado (18) que as redes sociais estão discriminando vozes conservadoras e republicanas. Trump estava se referindo a episódios recentes em diversas mídias sociais, como Facebook e Twitter, envolvendo o apagamento, bloqueio e redução de alcance de perfis de direita.

PUBLICIDADE

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Em resposta a Trump, o CEO do Twitter (a rede favorita de Trump), Jack Dorsey, admitiu em entrevista à CNN no mesmo dia que os funcionários da empresa são “mais de esquerda”. Ele afirmou, contudo, que a ideologia política não infuencia na forma como o Twitter está discriminando comportamentos adequados e inadequados na plataforma. “Olhamos para o comportamento”, disse.

Reportagem do Washington Post mostra que Apple, Facebook, Spotify e YouTube tomaram “medidas agressivas” contra o apresentador de talk show Alex Jones, do Infowars, por ter violado as políticas das empresas contra “discurso de ódio”. Facebook, Spotify e YouTube baniram Jones; a Apple removeu a maior parte de seu podcast. O Twitter chegou a suspendar a conta dele por uma semana, mas ela está de volta. Jones tem quase 900 000 seguidores.

PUBLICIDADE

Leia mais: MPF coleta informações sobre possível censura em redes sociais

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia tambémTwitter suspende conta do PSL de Jair Bolsonaro em plena campanha eleitoral

—————

A revista Senso Incomum número 3 está no ar, com a reportagem de capa “Trump x Kim: Armas nucleares, diplomacia e aço”. Assine no Patreon ou Apoia.se!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Faça os cursos de especiais para nossos leitores de neurolinguística empresarial e aprenda a convencer e negociar no Inemp, o Instituto de Neurolinguística Empresarial!

Conheça o curso Introdução à Filosofia Política de Olavo de Carvalho, ministrado por Filipe Martins na plataforma do Instituto Borborema. Conheça também o curso Infowar: Linguagem e Política de Flavio Morgenstern.

Faça sua inscrição para a série Brasil: A Última Cruzada, do Brasil Paralelo, e ganhe um curso de História sem doutrinação ideológica por este link. Ou você pode aproveitar a promoção com as duas temporadas por apenas 12 x R$ 59,90.

Sem mais artigos