Podcast

Guten Morgen 70: Bolsonaro eleito

Fomos à Brasília com nosso produtor Filipe Trielli e narramos alguns bastidores da posse de Jair Bolsonaro – e o que esperamos de seu governo e seus ministérios

Guten Morgen, Brasilien! A nova era começou e Filipe Trielli e Flavio Morgenstern foram para Brasília cobrir a posse presidencial de Jair Bolsonaro, para descobrir se estamos mesmo em 1964, se a ditadura voltou, se os jornalistas estão sendo torturados, se o fascismo começou e se virou faroeste. E o resultado contamos nesse episódio do seu podcast preferido.

Bolsonaro chega ao governo de maneira completamente atípica não apenas na história brasileira, mas contra todo o establishment internacional. Nós, dois caipiras de São Paulo que nunca tinham visto Brasília “por dentro” (as entranhas do poder), contamos o que vimos, o que sentimos e como os ministros e a equipe de Bolsonaro deve encarar uma chegada ao poder – lembrando que a maior parte dos seus ministros são técnicos, muitos sem nenhum passado político.

Além de nossas impressões de Brasília, comentamos os principais e mais famosos ministros de Bolsonaro, como Ernesto Araújo (Relações Exteriores, nosso chanceler), Sérgio Moro (Justiça), Damares Alves (que chefia o novo Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos) e também nosso caro Ricardo Vélez-Rodríguez (Educação), além de Silvia Nobre Waiãpi (da equipe de transição) e Sandra Terena (Secretária Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, perdão por esquecermos seu nome, somos péssimos com memória), além da presença da queridíssima doutora Ângela Gandra Martins (Secretária da Família).

Também comentamos das expectativas ideológicas, da ligação entre Planalto e o Congresso e ainda temos um furo (de reportagem): será mesmo que o governo Bolsonaro tratou mal jornalistas, deixando-os sem água e café, torturando-os com o exército mandando-os para o DOPS para serem torturados e negando-lhes acesso aos banheiros?! A revelação de tudo – que a grande mídia “profissional” não fez – está nesse episódio do seu podcast preferido!

E ainda: o artigo de capa de Flavio Morgenstern para a maior revista da Suíça alemã, Die Weltwoche, falando do governo Bolsonaro como esperança do Brasil: Zeitenwende in Brasilien. Não deixe de ler – mesmo com o Google Translator – excepcionalmente, o artigo está sem o paywall do site da revista.

A produção é de Filipe Trielli e David Mazzuca Neto no estúdio Panela Produtora, com produção visual de Gustavo Finger da Agência PierGuten Morgen, Brasilien!

—————

Para entender como lidar com o novo vocabulário político, confiram nossa revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

Publicidade
Sem mais artigos