Asnos de Buridan

Milícia de Maduro matam dois índios. A esquerda vai defender os índios ou os socialistas?

Um casal de índios foi morto por homens de Maduro próximo à fronteira com o Brasil pois queriam receber ajuda humanitária. A esquerda defenderá os índios ou o ditador socialista?

Publicidade

Um casal de índios foi morto no estado de Bolívar, na fronteira com o Brasil, além de 22 indígenas ficarem feridos. Os índios queriam manter aberta uma estrada para receber ajuda humanitária, o que é vetado pelo ditador socialista Nicolás Maduro, que teme que seu regime caia com auxílio externo.

A ONG Kapé Kapé, que lida com direitos humanos dos povos indígenas, informou à AFP:

“Uma mulher indígena e seu marido morreram e ao menos outros 15 membros da comunidade indígena do município Gran Sabana ficaram feridos após a investida de um comboio da Guarda Nacional.”

O número de feridos até a última estimativa já estava na conta de 22. A maior parte está sendo tratada em Roraima. Um soldado foi seqüestrado.

A ditadura venezuelana também posicionou um Sistema de Defesa Aérea S-300 na região do aeroporto de Santa Helena de Uairén, a 15 km da fronteira com o Brasil, que inclui lançadores, sistemas de radares e apoio, o que foi entendido como um ato de provocação.

O grupo de Lima irá se reunir em Bogotá neste dia 25 (segunda-feira), para lidar com o problema da ditadura de Nicolás Maduro. Entretanto, um pequeno conflito entre forças de Maduro e brasileiras não está de todo descartado ainda neste sábado.

O uso de provocações militares para tentar dar uma aparência de legitimidade a um poder contestado é praxe entre os tiranos da América do Sul. O caso mais famoso é a invasão das Falklands pelo ditador Leopoldo Galtieri, mas também há de se lembrar da guerra civil que provocou a intervenção militar americana na República Dominicana em 1965.

A narrativa da esquerda brasileira se complica ainda mais, em seu afã de enxergar no mundo opressores e oprimidos, baseando-se em critérios como cor de pele ou local de origem: agora a esquerda irá ficar do lado dos índios ou das milícias assassinas do ditador socialista Nicolas Maduro?

Ouça nosso podcast: A culpa da ditadura na Venezuela é da esquerda brasileira

—————

Para entender como lidar com o novo vocabulário político, confiram nossa revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

Sem mais artigos