23h59: pornografia | 00h00: performance

Golden shower: a pornografia que virou performance

De um dia para o outro, revista Época muda a abordagem sobre práticas obscenas realizadas a c(é)u aberto no carnaval paulistano

 

Na última quarta-feira, 6, Época noticiou, em caixa alta, que o PT (pois é) pediria investigação pelo “tuíte pornográfico” do presidente Jair Bolsonaro. Pouco mais de 24 horas depois, o tom mudou. O que antes era pornografia, passou a ser performance. Confira abaixo os dois tuítes:

23:59

 

00:00

O tom de indignação durou muito pouco, o que fez aumentar as dúvidas do público sobre a sinceridade de toda a comoção causada na mídia pelo tuíte presidencial.

De repente, a conotação pejorativa de “pornografia” deu lugar à conotação artística de “performance”, conferindo status de arte para a masturbação anal e a urofilia (nome técnico do golden shower). Dessa forma, ambas as narrativas foram contempladas em paralelo, mesmo que sejam contraditórias entre si.

—————

Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

E faça sua assinatura anual do Brasil Paralelo e tenha acesso a TODO o conteúdo do site!

Publicidade
Sem mais artigos