Menina travessa

Márcia Tiburi foge do Brasil. Será que é porque aqui tem muito assalto?

A favor do assalto e do comunismo, a escritora militante Márcia Tiburi já decidiu para qual país ultra-capitalista irá emigrar

Publicidade

Seguindo a moda de dez entre dez esquerdistas que precisam aparecer, Márcia Tiburi, aquela que escreveu um livro sobre como conversar com um fascista, mas que não conversa com ninguém que pense diferente dela, abandonou o Brasil. Alegando sofrer ameaças, Márcia foi exilar-se provisoriamente nos EUA, não em Cuba ou na Venezuela, talvez porque nesses lugares não se tenha acesso a um bom bife ou a um bom brócolis na manteiga.

Em entrevista ao UOL, Márcia disse que estava recebendo muitas ameaças de morte. No momento ela faz residência literária em Pittsburgh, nos EUA, na terrível ditadura Trump, pior que o Terceiro Reich, mas o destino final será Paris.

A estratégia é clara: vender uma narrativa de perseguições e ameças no Brasil para tentar sabotar o governo do exterior.

—————

Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

E faça sua assinatura anual do Brasil Paralelo e tenha acesso a TODO o conteúdo do site!

Sem mais artigos