às avessas

Maria do Rosário, que não gosta de cadeia pra estuprador, quer Danilo Gentili preso por piada

Segundo a lógica da deputada, um humorista é mais perigoso que um estuprador de mulheres ou de cofres públicos

A inJustiça brasileira condenou Danilo Gentili a seis meses e vinte e oito dias de detenção por injúrias contra a petista Maria do Rosário. O humorista poderá recorrer da sentença em liberdade.

Danilo Gentili vem sendo perseguido há tempos já. Por posicionar-se contra os desmandos da esquerda, do PT, da classe falante, o humorista é alvo de inúmeros processos. O curioso é que em seus shows não poupa ninguém. O incômodo sempre parte da turma que se diz democrática, mas que quer calar quem a enfrenta.

Será que a deputada agora acha que prisão resolve? Em nota, Maria do Rosário Considera a decisão “um símbolo de que é possível preservar a liberdade de expressão e garantir a dignidade humana”. “Esta é uma vitória da democracia e da justiça”, completa.

Para a esquerda, o assalto trilhonário aos cofres públicos não configura crime, mas uma piada, um protesto, esses sim são dignos de cadeia. O Brasil, há muito tempo, anda às avessas. O bandido processa a vítima; o corrupto reclama do honesto; o assassino pede reparação aos familiares do assassinado. O Febeapá (Festival de Besteira que Assola o País) do grande Stanislaw Ponte Preta está mais ativo do que nunca.

Dizia ele: “A prosperidade de alguns homens públicos do Brasil é uma prova evidente do quanto eles vêm lutando pelo progresso do nosso subdesenvolvimento.”

—————

Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Assine e assista o documentário 1964: O Brasil entre armas e livros e ganhe um e-book.

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

 

 

 

Publicidade
Sem mais artigos