Digite para buscar

Vult

Muçulmanos reagem com risos à tragédia em Notre Dame

Tempos difíceis

Avatar
Compartilhar
muçulmanos - notre dame - riem

Aqui no Senso Incomum foi dada a devida atenção à profanação de igrejas católicas na França em março, incluindo a catedral da Notre Dame, hoje em chamas.

O mapa a seguir registra outros casos de ataques a igrejas católicas na França:

Esta imagem é do L’Observatoire de la Christianophobie. Mostra os casos de cristofobia ocorridos na França desde dez/2016 até dez/2018. Os ataques são classificados entre incêndios criminosos, atentados, vandalismo, roubos, sequestro e assassinatos/agressão.

O jogador brasileiro Neymar, atualmente residindo em Paris, mostrou solidariedade à catedral de Notre Dame em seu Facebook. Os seguidores muçulmanos do jogador aparentemente viram motivo de riso no ocorrido, como mostram os prints abaixo:

Outros veículos de mídia que divulgaram o ocorrido em suas redes sociais também receberam reações risonhas ou amorosas das pessoas da paz:

O fato não passou batido pelos olhos do vlogueiro conservador Paul Joseph Watson:


Tempos difíceis.


Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Assine e assista o documentário 1964: O Brasil entre armas e livros e ganhe um e-book.

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

[amazon asin=859507027X&template=iframe image2][amazon asin=8501082945&template=iframe image2][amazon asin=8567394732&template=iframe image2][amazon asin=8595070288&template=iframe image2][amazon asin=8567394511&template=iframe image2][amazon asin=8520903533&template=iframe image2][amazon asin=8567394872&template=iframe image2][amazon asin=8535914846&template=iframe image2][amazon asin=8501112933&template=iframe image2][amazon asin=B0017WSPVQ&template=iframe image2]
Assuntos:
Avatar
Andre Assi Barreto

Professor de Filosofia e História das redes pública e privada de São Paulo. Aluno do professor Olavo de Carvalho. Mestre em Filosofia pela Universidade de São Paulo. Também trabalha com revisão, tradução e palestras. Autor de "Saul Alinsky e a Anatomia do Mal" (ed. Armada, 2019)

  • 1