Traitors

Trump acusa FBI de tê-lo espionado durante o governo Obama

Trump acusa FBI de traição por espionar sua campanha para presidente. Narrativa dos Democratas vai por água abaixo

Nesta sexta (17), Trump afirmou que sua campanha presidencial foi espionada pelo FBI em 2016 e diz que tal traição merece longos anos de cadeia:


Minha campanha à presidência, definitivamente, foi espionada. Nada disso jamais aconteceu na política americana. Uma situação péssima. TRAIÇÃO significa longos anos de cadeia, e isso foi TRAIÇÃO.

Se as investigações apontam que o FBI espionou Trump, quem seria o único que teria poder para determinar que a agência fizesse tal espionagem? Obama?

De qualquer forma, parece que o jogo está virando para o presidente dos EUA. Os democratas ficaram anos afirmando que Trump fez um conluio com a Russia para vencer as eleições e as investigações mostraram que não ocorreu nenhuma parceria secreta.

Alguns meses depois, as investigações de William Barr, Procurador-Geral dos Estados Unidos, apontaram indícios de que o FBI teria espionada a campanha de Trump em 2016, na era Obama.

Os democratas, para variar, ainda insistem na narrativa de que Trump merece o impeachment por qualquer motivo possível.


Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Assine o Brasil Paralelo e tenha acesso à biblioteca de vídeos com mais de 300 horas de conteúdo!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

Não perca o curso Ciência, Política e Ideologia em Eric Voegelin, de Flavio Morgenstern, no Instituto Borborema!

Sem mais artigos