Assassinato

Planned Parenthood já assassinou mais de 7 milhões de bebês

Planned Parenthood assassinou 321.384 bebês no ano passado, elevando o total de mortos para mais de 7,6 milhões desde a sua fundação

Publicidade

Planned Parenthood assassinou 321.384 bebês no ano passado, elevando o total de mortos para mais de 7,6 milhões. Desde o caso Roe versus Wade explicado pelo Senso Incomum.

No ano fiscal de 2016-2017, a Planned Parenthood realizou 321.384 abortos. No relatório anual de 2015-2016 foram 328.348 abortos. No ano anterior (2014-2015), realizou-se 323.999 abortos.

A Planned Parenthood, com base nos cálculos de 1970, matou mais de 7 milhões de vidas pré-nascidas de acordo com o portal Live Action. O gráfico abaixo detalha o número de abortos por parte da Planned Parenthood. (Clique aqui para ver dados de 1970-1993)

Conforme artigo do portal California Family, isso é mais do que o dobro da população de Los Angeles:

“São 7 milhões de bebês que nunca tiveram a oportunidade de comemorar um aniversário. Sem levar em consideração o número de bebês abortados pela Planned Parenthood ilegalmente, antes que a decisão Roe versus Wade fosse proferida pela Suprema Corte dos Estados Unidos”.


Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Não perca o curso Ciência, Política e Ideologia em Eric Voegelin, de Flavio Morgenstern, no Instituto Borborema!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

Assine o Brasil Paralelo e tenha acesso à biblioteca de vídeos com mais de 300 horas de conteúdo!

Publicidade
Sem mais artigos