Tem burocrata com a ditadura

Chanceler cubano sobre Bolsonaro na ONU: “Saudade dos tempos da ditadura”. Epa!

Ao criticar Mais Médicos, Bolsonaro causa ira dos representantes da robusta democracia cubana

Bolsonaro fez um discurso firme na ONU, nesta terça-feira, 24. Atacou as falácias sobre nossas florestas e cutucou as ditaduras cubana e venezuelana. Falou sobre o programa Mais Médicos que escravizou milhares de cubanos, restringindo seus salários e seu direito de ir e vir.

Isso deixou o chanceler cubano P da vida. Disse que Bolsonaro tem saudade dos tempos da ditadura militar brasileira. Todos sabem que a qualidade de vida de Cuba é excepcional. Qualquer cubano hoje vive com o que há de mais moderno em 1950.

————–

Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Não perca o curso Ciência, Política e Ideologia em Eric Voegelin, de Flavio Morgenstern, no Instituto Borborema!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

Assine o Brasil Paralelo e tenha acesso à biblioteca de vídeos com mais de 300 horas de conteúdo!

Publicidade
Sem mais artigos