Deboche comunista

Jandira Feghali faz homenagem a assassino Marighella no Twitter. Cadê a cassação?

A deputada comunista processada por seus empregados homenageia um terrorista. Por que isso não está reverberando em toda a mídia?

Publicidade

A comunista Jandira Feghali publicou em seu twitter uma homenagem ao terrorista assassino Carlos Marighella. A breguice do tuíte fala por si só. “Revolucionário e sonhador (memes?)”. Sonhou com um regime assassino e acabou morto.

Bolsonaro fere a estética de uma classe ressentida. Os revolucionários do passado querem se vingar do regime que os derrotou. Marighella lutou para instaurar uma ditadura comunista, aquela mesma que se acostumou a lucrar sobre os corpos, milhões deles, de dissidentes.

A mídia jeca, provinciana, não reverbera nenhum desses ataques claros à democracia. Mas a menção ao AI-5 desperta gritos histéricos não só da mídia jeca oficial, mas da isentolândia sazon radicalizada.

A história se repete. Jandira, que faliu seu negócio, ainda foi processada por funcionários que trabalharam com ela, conforme noticiou O Antagonista. Pelo que se vê, Jandira não é muito adepta do socialismo quando o negócio é com ela. Nada de novo.

————-

Conheça o plano do centrão e da isentosfera para derrubar Bolsonaro e censurar as redes sociais na nossa revista exclusiva para patronos!

O Senso Incomum agora tem uma livraria! Confira livros com até 55% de desconto exclusivo para nossos ouvintes aqui

Publicidade
Sem mais artigos