Fugas das galinhas

Zé de Abreu foge do Brasil com medo do carinho do brasileiro por ele

Mentor intelectual do Projac, Zé é só mais um bundão virtual que xinga à distância e se manda espantadiço quando vê que o caldo engrossa

O suposto ator José de Abreu, o decrépito porta-voz da intelligentzia do Projac está de malas prontas. O entusiasta dos regimes socialistas vai para… a Nova Zelândia. O destino capitalista que Zé escolheu se coaduna com a estirpe revolucionário-da-boca-pra-fora que lhe cai tão bem. Aliás, destinos capitalistas são os escolhidos de 10 entre 10 socialistas.

ze-de-abreu-fujao

A defensora de assaltos e que acha o cu revolucionário, Márcia Tiburi, preferiu as belas aléias francesas à um destino insólito e pré-colombiano como Cuba. O colérico e príncipe do escarro, Jean Willys, à Venezuela da Fome Grande e do rechonchudo Maduro, preferiu o odor suave e encantador das alamedas espanholas. Os exemplos abundam.

Pelo seu Iphone, Zé disse, no Twitter, que vai começar vida nova em Auckland. Como, cada vez mais, o Brasil abandona as políticas estatais admiradas por Zé, é melhor debandar logo; como, cada vez mais, proclama-se o direito do indivíduo de ser livre do controle do Estado, contrariando o mais fascista dos antifascistas de festim, é preciso buscar um novo refúgio. 


Sem poder curtir as benesses do poder que o Estado, sob a tutela petista, lhe oferecia, Zédia, após xingar muito no Twitter, teve que pedir arrego, afinal, para o ódio mortal do mentor intelectual do Projac e de Mussolini, o Estado NÃO é tudo.

Zé uma espécie de cravinho de pele: um peteleco bem dado e ele desaparece.

Nada é mais deprimente que um militante de esquerda com mais de sessenta anos. Sem o vigor apaixonado da juventude que faz todo mundo ter os seus quinze minutos de lama, ele sufoca cafona. E zé é o cafona fundamental, parafraseando Nelson Rodrigues.

Ao rei do escarro virtual desejamos um longo e tenebroso desfecho de vida.

————–

Livraria do Senso Incomum está em promoção de GUERRAS MUNDIAIS até quinta! Clique aqui!

Publicidade
Sem mais artigos