Crises

Ministro das Finanças alemão cometeu suicídio em meio à crise do coronavírus

O ministro Thomas Schaefer, da região de Hesse, era membro do partido de Angela Merkel e estava no cargo por uma década

Publicidade

Thomas Schaefer, ministro das Finanças do estado de Hesse, foi encontrado morto neste sábado, 28, nos trilhos de trem de Hochheim, próximo a Frankfurt, noticiou o jornal New York Post.

O governador do estado, Volker Bouffier, disse no domingo que Schaefer não soube como lidar com a crise financeira que viria causada pela pandemia do coronavírus e se suicidou.

“Eu tenho que assumir que essas preocupações o dominaram. Ele aparentemente não conseguiu encontrar uma saída. Ele estava em desespero e nos deixou”, disse Bouffier.

Após conversar com testemunhas, as autoridades confirmaram que o ministro das finanças cometeu suicídio.

Schaefer era membro da União Democrática Cristã, partido da chanceler Angela Merkel e ocupava o cargo de ministro há uma década.


Conheça a importância da Primeira Guerra Mundial assinando o Guten Morgen Go – go.sensoincomum,org!

Publicidade
Sem mais artigos