Essa noite não

Lobão faz live em projeto de SP que financia artistas, enquanto povão se espreme em metrôs lotados. A economia a gente cuida depois, claro

Roqueiro de trilha de novela e adepto do estilo capslouco pós-moderno na escrita, Lobão irriga a cultura nacional com perdigotos e blá blá blá

Publicidade

Qualquer pessoa que nos últimos 40 anos tenha se interessado por política topou, em algum momento, com os lampejos de lírica paranoica do roqueiro Lobão. Mais do que na sua própria área, a música, Lobão permeia o debate político, ora apoiando um, ora outro, ora um e outro, ora sopa de legumes com macarrãozinho de letras.

Está para o debate político assim como uma verruga está para o corpo humano. Mas o que mais impressiona é a constância de suas opiniões e sua serenidade expressiva. Adepto do estilo capslouco frenético pós-moderno, Lobão capricha. Seu estilo é único — não que isso seja uma crítica, diga-se.

Neste tuíte vemos um Lobão lógico, aplicando os elementos conciliadores de sua sintaxe, dando a entender, embora sua forte mitologia pessoal impeça a absorção do sentido completo, que depois dos afazeres domésticos ele vai tomar um açaí e, enfurnado no estúdio, tilt tilt tilt.

lupuslogicus

Lupus Logicae, manuscrito do Manicômio de Viena, 1231

Lobão fará hoje uma live no projeto do governo de São Paulo #CulturaEmCasa. O projeto visa estimular a atividade dos artistas para que eles não dependam de vaquinha, conforme afirmou Maitê Proença. Deve ser muito difícil para quem nunca produziu nada, nem beleza (a beleza de Maitê- caso raro no mundo das artes nacional – vem de berço), perder a boquinha do governo. Conforme vimos, a ampla sala da atriz requer cuidados e, sem financiamento, quem é que pode pagar seis empregadas?

Lobão, que até outro dia era um ferrenho crítico do financiamento estatal, junta-se à patota. Não se pode afirmar que está recebendo dinheiro público para participar do projeto, mas sua aparição chega a surpreender.

lobosbob

O que resta é torcer para que seus sucessos em trilhas de novela não tenham envelhecido mal. Que seus dotes musicais (muito modestos, diga-se) encontrem melhor sorte que sua verve literária.

Para terminar, é bom ressaltar que Lobão não perde uma oportunidade de atacar Olavo de Carvalho nas redes. O mesmo Lobão que tecia juras de amor eterno ao filósofo, hoje, ao ouvir menção do nome Olavo, estremece de ódio até a última prega da peida. É o ressentimento do ácaro contra um lençol de seda, nada mais.

lobao-caps


Guten Morgen Go – Primeira Guerra Mundial já está no ar!! Conheça o conflito que moldou o mundo problemático em que vivemos em go.sensoincomum.org!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós.

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Publicidade
Sem mais artigos