Casos antigos

No ano passado, Alexandre de Moraes impediu investigação da Receita contra autoridades

Em agosto de 2019, ministro do STF suspendeu investigação da Equipe Especial de Fraudes (EEF) contra 133 nomes - incluindo ministros do próprio STF

Publicidade

Em agosto de 2019, o ministro Alexandre de Moraes decidiu suspender a investigação da Equipe Especial de Fraudes (EEF) da Receita Federal contra 133 contribuintes para apurar irregularidades, incluindo ministros da suprema corte, informou a Agência Brasil.

Moraes considerou que a investigação teria indícios de ilegalidade:

“Considerando que são claros os indícios de desvio de finalidade na apuração da Receita Federal, que, sem critérios objetivos de seleção, pretendeu, de forma oblíqua e ilegal investigar diversos agentes públicos, inclusive autoridades do Poder Judiciário, incluídos ministros do Supremo Tribunal Federal.”

Assista ao vídeo:

 


Aproveite o curso Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos – Hoje é o última dia da promoção!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós.

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Publicidade
Sem mais artigos