Sobrenatural

Metaleiro em coma por Covid-19 conhece Satanás: “Ele não é tão legal quanto eu achava”

Will Carroll, baterista do Death Angel, diz que orações de amigos o ajudaram a sobreviver, e pretende largar álcool e drogas

Publicidade

O baterista do grupo Death Angel, Will Carroll, disse ter conhecido Satanás durante seu período de coma devido a infecção pelo vírus chinês.

No mês passado, o roqueiro passou duas semanas em coma com o auxílio de um respirador, no Hospital California Pacific Medical Center, em São Francisco.

“Então eu acordei no hospital com vários tubos entrando e saindo de mim, tinha uma enfermeira do meu lado e perguntei para ela, ‘eu ainda estou no inferno?’. E ela me ignorou”, contou o baterista.

Após acordar, Carroll contou sua experiência ao jornal San Francisco Chronicle e relatou que estava no inferno com Satanás e uma mulher que o transformou em um monstro semelhante ao vilão Jabba, da franquia Guerra nas Estrelas. Na sua “viagem”, o baterista conta que não parava de vomitar e teve ataque cardiáco até morrer:

“Eu ainda vou continuar a ouvir metal satânico e a ouvir as bandas que gosto. Mas em relação à minha vida pessoal e à experiência pela qual passei, já não acho Satanás tão legal quanto eu achava.”

Carroll disse que vai parar de consumir bebidas alcoólicas e usar drogas. E agradeceu pelas orações de amigos e familiares que o ajudaram a sobreviver ao vírus chinês.


Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Publicidade
Sem mais artigos