Digite para buscar

Agora é verdade

Peste chinesa tem letalidade similar a da pneumonia

Calma, agências torcedoras do vírus! Saiu na Folha, censurem eles antes!

Avatar
Compartilhar
Estudo sugere que pronunciar algumas palavras espalha mais coronavírus Universidade de Princeton gasta tempo e dinheiro para tentar provar que a palavra "Republicano" espalha mais o vírus chinês do que a palavra "Democrata"

Não causou espanto a manchete que saiu na Folha sobre a letalidade do vírus chinês. O que causou espanto mesmo foi ter saído na Folha.

Desde o início da peste chinesa, qualquer veículo que desse a entender que o vírus não era tão letal ou tão mortal (índices de mortalidade e letalidade são diferentes), seria taxado de espalhador de fake news, de propagar desinformação. A manchete e o texto da Folha seriam um prato cheio para as agências de fact-checking carimbarem o selo de informação falsa. Mas, saiu na Folha, gente. Só é verdade agora. Antes, não.

Não deixa de ser curioso – e não há aqui nenhuma afirmação peremptória – que as manchetes comecem a ficar mais suaves com a proximidade das eleições. O mundo está careca de saber que há uma divisão ideológica entre os “fique em casa” e os contrários às medidas de confinamento geral e irrestrito.


Seja membro do Brasil Paralelo e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1