Digite para buscar

Psolismos

Marcelo Freixo diz que ivermectina é tão inútil quanto Bolsonaro

Deputado que propunha aplicar “doses seguras” de crack para usuários afirma que cientistas concluíram que remédio é inútil. É a ciência da morte

Compartilhar
freixo

O nobre deputado Marcelo Freixo, conhecido político de ultra mega plus um pouquinho mais de ultra extrema esquerda, destaque do Congresso (o tipo de elogio que nem flanelinha de porta de estádio aceitaria), disse que a ivermectina é tão inútil quanto Bolsonaro. 

Para tanto, alega que foram os cientistas que concluíram isso, tirando o seu da reta. Só não menciona quais cientistas. Devem ser os mesmos que aplicariam “dosagem segura” de crack para usuários. 

Freixo é um convicto defensor da ciência que é a favor do aborto (um amontoado de células não é uma vida ainda), ideologia de gênero (ninguém nasce homem ou mulher, é a sociedade que cria essa fantasia) e a liberação completa das drogas (menos da ivermectina, claro).

Não poderíamos estar melhor representados. Grande parte dos méritos pelo Brasil ser esse país super desenvolvido, de primeiro mundo, é de Freixo e seu séquito de ungidos riquinhos sem propósito.

Citando um autor que aprecio muito, eu mesmo, num texto sobre o mesmo fera neném da política nacional:

“Freixo é o arquétipo do que, muito educadamente, se costuma chamar de merda. Nem toda a visibilidade midiática consegue inflar sua popularidade. É como se todas as emissoras só dedicassem suas transmissões de futebol aos jogos do União da Serra da Cantareira e ainda assim ele continuasse o União da Serra da Cantareira. Com a aparência de um pedinte da Praça da Sé e a voracidade de 100 leões, Freixo só consegue enganar meia dúzia de tomadores de sol profissionais do Posto 9.”

Essa ciência da morte que quer obrigar as pessoas a não procurarem alternativas de tratamento contra a peste chinesa precisa ser urgentemente coibida. Ou os milhares de cadáveres aguçarão  mais ainda a sanha assassina dos esquerdistas.


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Carlos de Freitas

Carlos de Freitas é o pseudônimo de Carlos de Freitas, redator e escritor (embora nunca tenha publicado uma oração coordenada assindética conclusiva). Diretor do núcleo de projetos culturais da Panela Produtora e editor do Senso Incomum. Cutuca as pessoas pelas costas e depois finge que não foi ele. Contraiu malária numa viagem que fez aos Alpes Suiços. Não fuma. Twitter: @CFreitasR

  • 1