Digite para buscar

Amplexos released

Boris Johnson deve liberar abraços no Reino Unido em 17 de Maio

Restrições no UK devem acabar em junho, mas “com ressalvas”. Distanciamento social e uso de máscaras podem continuar depois, diz secretário

Compartilhar
Boris Johnson deve liberar abraços no Reino Unido em 17 de Maio

Em uma entrevista à BBC britânica, o ministro de estado Michael Gove disse que o primeiro-ministro Boris Johnson deverá anunciar nesta segunda-feira (10) que, a partir de 17 de maio, as pessoas na Inglaterra terão permissão para abraçar seus entes queridos como parte da próxima fase de desbloqueio no país.

“À medida que avançamos para a terceira fase do nosso roteiro, veremos pessoas capazes de se reunir em ambientes fechados”, disse Gove.

“Também é verdade que o contato amigável, ou íntimo, entre amigos e familiares é algo que queremos ver restaurado”, acrescentou.

No próximo estágio de flexibilização dos bloqueios, os britânicos poderão se reunir em grupos de até trinta pessoas ao ar livre, enquanto apenas seis pessoas poderão se reunir em suas casas. Pubs, restaurantes, hotéis e pousadas poderão ter permissão para reabrir.

Como em quase todo mundo, o governo britânico também se perdeu em medidas atrapalhadas de restrições. Entre outras medidas contra a peste chinesa, a limitação da intimidade humana estava entre as mais rígidas – no ano passado, o governo tornou efetivamente ilegal a pratica sexual em ambientes fechados se os parceiros não morassem no mesmo local, pois denotaria “reunião”. Em setembro, as regras foram alteradas para aqueles em “relacionamentos estabelecidos”; no mês seguinte a restrição se voltava para aqueles que viviam em áreas de alto índice de infectados.

Uma das conseqüências devastadoras das limitações e do distanciamento social foi o impacto violento sobre o estado psicológico e afetivo de idosos que moram em asilos. Parentes e amigos foram proibidos de visitá-los por vários meses.

A previsão é de que todas as restrições sejam suspensas até 21 de junho e, embora o primeiro-ministro Boris Johnson tenha dito na semana passada que achava que havia uma “boa chance” de que o distanciamento social acabasse no mês que vem, desde que respeitado o bom senso, o primeiro secretário de Estado Dominic Raab indicou que certas “salvaguardas” – como distanciamento social ou uso de máscaras – ainda podem estar em vigor depois de 21 de junho.

Mas a boa notícia é que a partir da próxima semana os ingleses poderão se abraçar.

Porém, conhecendo a postura do povo britânico em relação a contatos físicos, e a sanha dos governantes em transformar comportamento em lei, há quem diga que os súditos da rainha temem que, em breve, abraços sejam obrigatórios.


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Luigi Marnoto

Luigi Marnoto é cozinheiro e só não foi guia de cego e bombeiro. Atualmente escreve no Senso em troca de uns caraminguas. É pai e avô quase exemplar e campeão de porrinha.

  • 1