fbpx

Digite para buscar

Faucigate

Fauci manteve opinião sobre assintomáticos mesmo após saber de erro em artigo

Fauci, para jornalista da revista Science: “O artigo pode estar incorreto, mas de acordo com cientistas chineses de renome, minha afirmação está correta”

Compartilhar
Fauci manteve opinião sobre assintomáticos mesmo após saber de erro em artigo

Uma troca de e-mails entre o diretor do Instituto de Alergia e Doenças Infecciosas dos EUA (NIAID), Anthony Fauci, e o jornalista alemão Kai Kupferschmidt, colaborador da revista Science, dá uma pequena amostra da confiança quase cega que o burocrata mais bem pago da América deposita em seus colegas cientistas chineses.

O jornalista entrou em contato com Fauci pois escrevia uma reportagem sobre um artigo publicado dias antes na revista científica New England Journal of Medicine. O artigo em questão dizia que uma mulher alemã infectou outra pessoa mesmo sem apresentar sintomas, assunto que suscitou (e ainda suscita) discussões na imprensa sobre “transmissão assintomática” da peste chinesa.

Fauci havia feito a seguinte declaração sobre o artigo: “Não há dúvida depois de ler [o artigo do NEJM] que a transmissão assintomática está ocorrendo.”

Por e-mail, Kupferschmidt avisa: “Acontece que a mulher tinha sintomas. Você deu ao artigo muita importância, então realmente gostaria de saber sua reação sobre isso.”

Em resposta, Fauci se justifica: “Meu comentário (…) foi feito porque tem havido muita discussão entre os investigadores chineses que a transmissão assintomática está ocorrendo na cidade de Wuhan e na província de Hubei.”

E, mesmo sabendo do erro no artigo, manteve sua posição. “O artigo do NEJM pode estar incorreto, mas de acordo com cientistas chineses de renome, minha afirmação está correta.”

Leia abaixo a transcrição traduzida da troca de e-mails.

Tony,

Você tem cinco minutos para uma ligação rápida? Escrevendo uma história sobre o artigo alemão alegando caso assintomático. Acontece que a mulher tinha sintomas. Você deu ao artigo muita importância, então realmente gostaria de saber sua reação sobre isso.

Saúde,

Kai

Kai:

Desculpe por ter chegado tão tarde. Acabei de ler sua matéria na revista Science. Obviamente, isso muda a conclusão do artigo. Meu comentário “Não há dúvida depois de ler [o artigo do NEJM] que a transmissão assintomática está ocorrendo” foi feito porque tem havido muita discussão entre os investigadores chineses que a transmissão assintomática está ocorrendo na cidade de Wuhan e na província de Hubei, mas nenhuma publicação saiu e disse isto.

Como esta foi a primeira publicação que supostamente documentava esse fenômeno, é por isso que me referi ao artigo e fiz meu comentário. É uma pena que esse erro foi publicado, mas ainda não muda nada. Em vez de confiar em rumores, esta noite telefonei para um de meus colegas na China, que é um cientista de doenças infecciosas altamente respeitado e oficial de saúde. Ele disse que está convencido de que há infecção assintomática e que algumas pessoas assintomáticas estão transmitindo a infecção. O artigo do NEJM pode estar incorreto, mas de acordo com cientistas chineses de renome, minha afirmação está correta. Dito isso, venho dizendo há algum tempo que, mesmo que ocorram infecções assintomáticas, é muito improvável que sejam os principais impulsionadores do surto, uma vez que a maioria das transmissões ocorre de alguém que é assintomático (sic).

Atenciosamente,

Tony


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1