Digite para buscar

Reino Unido ainda respira

Governo britânico desiste de passaporte de vacinação

Decisão é divulgada dois dias após milhares de manifestantes anti-lockdown lotarem as ruas de Londres. Governo deve suspender todas as medidas restritivas do país em 19 de julho

Compartilhar
Governo britânico desiste de passaporte de vacinação

O gabinete do primeiro-ministro Boris Johnson irá desistir dos planos de implementar o passaporte de vacinação no Reino Unido, informa o jornal britânico Daily Mail.

A mudança ocorre em meio à confiança cada vez maior de que Johnson seguirá adiante com os planos para suspender todas as regras de distanciamento social em julho, apesar do aumento de casos da Covid.

Segundo o primeiro-ministro, o sucesso da campanha de vacinação fará com que a Grã-Bretanha seja capaz de ‘conviver com a Covid’ porque as hospitalizações diminuíram entre os infectados.

O discurso de vários membros do governo parecem convergir. “Precisamos nos acostumar com a ideia de tratar a Covid mais como uma gripe”, disse uma fonte do gabinete ao jornal. 

O ministro Michael Gove disse que as pessoas terão que conviver com Covid “da mesma forma que convivemos com a gripe”, que causa milhares de mortes a cada inverno, mas não exige que a sociedade e a economia sejam bloqueadas.

A deputada conservadora Siobhan Baillie afirmou: “Temos que voltar ao normal e aprender a conviver com o risco.”

Em tempo: o passaporte de vacinação foi tratado como teoria da conspiração. Que coisa, não?

Com informações de Daily Mail


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1