Digite para buscar

Contra a corrente

YouTube censura programa de Lacombe por contrariar narrativa de grande mídia

Episódio de estréia do Programa 4 por 4 ficou algumas horas fora do ar por "violação de diretrizes" da Big Tech. Vídeo foi restabelecido após ameaça de judicialização

Avatar
Compartilhar
YouTube censura programa de Lacombe por contrariar narrativa de grande mídia

Alegando “violação das diretrizes da comunidade”, a plataforma de vídeos do Google, YouTube, tirou do ar, na manhã desta quinta-feira (15), o episódio de estréia do Programa 4 por 4, apresentado por Luís Ernesto Lacombe e com a participação de Ana Paula Henkel, Guilherme Fiúza e Rodrigo Constantino.

Embora o real motivo não tenha sido explicitado, é óbvio que o problema que a Big Tech enxergou no programa foi a liberdade em abordar assuntos que hoje se tornaram “tabu” para a grande mídia: vacinas, pandemia, Anthony Fauci etc.

Após Lacombe postar nas redes sociais que o grupo tomaria providências legais, o vídeo foi restabelecido pela Big Tech. Não se sabe, porém, o que motivou os censores da plataforma a voltarem atrás na decisão.


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1