fbpx

Digite para buscar

Questão semântica

NIH muda significado de “ganho de função” em site oficial

Não é a primeira mudança de definição em palavras que geraram furdúncio recente. Agora Fauci pode admitir que financiou pesquisas de ganho de função, e agências de suposto "fact-checking" podem censurar quem denuncia a verdade

Compartilhar
NIH muda significado de "ganho de função" em site oficial

O Instituto Nacional de Saúde dos EUA (NIH) fez uma importante modificação em uma página que anteriormente apresentava uma definição para o termo “Pesquisas de Ganho de Função” (Gain-of-function Research).

“Ganho de função” é o que cientistas fazem com um patógeno ao modificá-lo geneticamente para ampliar sua patogenia. Geralmente, este tipo de pesquisa é feita para o desenvolvimento de novas vacinas ou medicamentos.

O termo se popularizou após a pandemia de peste chinesa. Em diversas audiências com o Congresso americano, o Dr. Anthony Fauci negou veementemente que eles teriam financiado este tipo de pesquisa. Fauci é diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID), autarquia do NIH.

Mas, na semana passada, o diretor adjunto do NIH, Lawrence Tabak, enviou uma carta a congressistas que investigam as origens da peste afirmando que seu Instituto financiou a EcoHealth Alliance que, por sua vez, repassou o dinheiro ao Instituto de Virologia de Wuhan para experimentos desta natureza envolvendo coronavírus de morcegos. Curiosamente, Tabak não usou o termo “ganho de função” em sua declaração.

Também é curioso o fato de que a página, até o dia 19 de outubro, apresentava o título “Pesquisa de Ganho de Função envolvendo Patógenos com Potenciais Pandêmicos” e agora é intitulada “Pesquisas envolvendo Patógenos Aprimorados com Potenciais Pandêmicos” – detalhe: a carta enviada por Tabak foi enviada no dia 20.

Na versão anterior, o NIH explica que o termo “ganho de função” se refere a qualquer pesquisa que modifique um agente biológico de uma forma que confira atividade nova ou aprimorada a um agente.

Nesta nova versão, em sua única referência ao termo, o texto diz que a pesquisa envolvendo patógenos com potenciais pandêmicos (ePPPs) “é um tipo de pesquisa chamada de ‘ganho de função’ (GOF)”.

A definição é seguida de uma explicação: “a grande maioria das pesquisas de GOF não envolve ePPPs e estão fora do escopo da supervisão necessária para pesquisas envolvendo ePPPs.”

Em outras palavras, se antes Fauci e o NIH negavam existir qualquer financiamento a pesquisas de ganho de função, agora eles mudam a definição e podem admitir tudo sem culpa.

Leia também:

Crédito da imagem: HHS/NIH COVID-19 Vaccine Kick-Off event (alguns direitos reservados)
Com informações de The Epoch Times

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Assuntos:
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1