Digite para buscar

Quanta decência!

Infelizmente é proibido fazer caixa 2 por um Brasil melhor

O brasileiro precisar ser mais tolerante com os desvios bilionários. Afinal é tudo por um mundo mais igual

Avatar
Compartilhar
poste-lula

Aquele que seria a solução contra o governo nazifascista de Bolsonaro acaba de ser condenado por crime de caixa 2.

É claro que se ele, o poste Lula, tivesse ganho, teríamos dias mais claros, boa relação com a Alemanha e a Burkina Fasso; teríamos, sem dúvida, propaganda inclusiva, manual de mudança de sexo caseiro e muita paz nas redações de jornal e na pulsante indústria cinematográfica nacional.

Só não teríamos empregos, comida e segurança. Coisas supérfluas que nenhuma pessoa descolada dá importância. Afinal, o populacho não sabe o que é melhor pra ele.

Oficina de siririca e cripto moeda pra índio são muito superiores para o bom andamento da nação que um bom prato de arroz com feijão ou um mísero emprego de 8 horas. E a resistência  que deveria zelar pela moral e os bons costumes dos corruptos, lutar pelo seu direito ao roubo, queimou de vez.

A esquerda ama os pobres, tanto que, por onde passa, deixa todo mundo na pobreza. Coerência não lhes falta, é inegável.

Tempos sombrios estes que vivemos, onde sequestradores são mortos e corruptos são presos.

————–

Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Não perca o curso Ciência, Política e Ideologia em Eric Voegelin, de Flavio Morgenstern, no Instituto Borborema!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

Assine o Brasil Paralelo e tenha acesso à biblioteca de vídeos com mais de 300 horas de conteúdo!

[amazon asin=8566418123&template=iframe image2][amazon asin=8563160273&template=iframe image2][amazon asin=8501103594&template=iframe image2][amazon asin=8567394732&template=iframe image2][amazon asin=859507027X&template=iframe image2][amazon asin=8563160281&template=iframe image2][amazon asin=8573262559&template=iframe image2][amazon asin=8592649013&template=iframe image2][amazon asin=8566418190&template=iframe image2][amazon asin=8580333490&template=iframe image2][amazon asin=8573262710&template=iframe image2][amazon asin=8501114510&template=iframe image2]

 

Assuntos:
Avatar
Carlos de Freitas

Carlos de Freitas é o pseudônimo de Carlos de Freitas, redator e escritor (embora nunca tenha publicado uma oração coordenada assindética conclusiva). Diretor do núcleo de projetos culturais da Panela Produtora e editor do Senso Incomum. Cutuca as pessoas pelas costas e depois finge que não foi ele. Contraiu malária numa viagem que fez aos Alpes Suiços. Não fuma. Twitter: @CFreitasR

  • 1