Digite para buscar

Distopia

Bélgica permitirá que apenas uma pessoa por casa use banheiro em festa de Natal

Só uma pessoa usará o banheiro em reuniões de no máximo 4 pessoas, com proibição de entrada e permanência na parte interna da casa. Polícia estará nas ruas

Avatar
Compartilhar
Bélgica permitirá que apenas uma pessoa use banheiro por casa em festa de Natal

Imagine a cena: você está na casa de seus pais para a ceia de Natal e precisa esvaziar a bexiga depois de alguns copos. Então, você pega a chave do carro, vai até a sua casa, “tira a água do joelho” e, como um bom filho, volta para continuar a celebração.

Se você mora na Bélgica, a cena distópica pode muito bem se tornar uma realidade: esta é só uma das regras que o país irá impor aos seus cidadãos com a desculpa de tentar conter a pandemia de peste chinesa.

O país continuará com toque de recolher, bares e restaurantes fechados e reuniões proibidas. Mas abriu a exceção para o Natal: quatro pessoas na sua casa, sendo apenas uma com permissão para ir ao banheiro e ninguém na parte interna da residência.

Aliás, se o jardim externo não tiver acesso direto pela rua, esqueça a celebração. “Ninguém terá permissão para passar por um espaço interior primeiro, porque há o risco de muitas pessoas ficarem juntas em um espaço pequeno”, disse a ministra do Interior, Annelies Verlinden, ao jornal Het Laatste Nieuws.

O porta-voz de Verlinder, Steven van Gucht, afirmou que a polícia estará nas ruas e poderá intervir caso seja constatada alguma irregularidade. O Ocidente enlouqueceu de vez.


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1