Digite para buscar

Mesma moeda

Mariliz Pereira Jorge

Nossa análise palavrosa sobre a colunista da Folha de S.Paulo Mariliz Pereira Jorge e seu texto que nem pode ser chamado de texto

Avatar
Compartilhar

Broxável. Recalcada. Mal amada. Fastienta. Sofrível. Chata. Broxável. Repetitiva. Mocréia. Presunçosa. Inculta. Estróina. Broxável. Seachante. Monótona. Leviana. Desajuizada. Falsiane. Broxável. Mimizenta. Encalhada. Tediosa. Comunista de iPhone. Analfabeta. Broxável. Prepotente. Disgranha. Maluca. Pentelha. Baranga. Broxável. Enfadosa. Véia dos gatos. Supositória. Bruaca. Ignorante. Broxável. Repisada. Carantonha. Arrogante. Esquerdista riquinha. Falastrona. Broxável. Energúmena. Carrancuda. Pau mandada. Feminazi. Maçante. Broxável. Ressentida. Enfastidiaça. Riquinha. Amolecente. Entufada. Broxável. Escreve mal pra caralho. Morfética. Patricinha. Amontoado ambulante de clichês. Fátua. Broxável. Embuste. Pedante. Muganga. Gabola. Maçante. Broxável. Indecorosa. Deve ouvir Teatro Mágico, ler Djalmira Ribeiro e achar que Frida Kahlo sabe pintar. Jactanciosa. Superficial. Burra. Broxável. Petista. Mal comida. Fastidiosa. Apedeuta. Charque. Broxável. Ufana. Manipulada. Manipuladora. Bruxa. Grudenta. Broxável. Catita. Entediante. Fubanga. Perniciosa. Catrevage. Broxável. Baixa. Soporífera. Trombuda. Canastrona. Incomível. Broxável. Jornalista da Folha. Broxável. 

Assuntos:
Avatar
Flavio Morgenstern

Flavio Morgenstern é escritor, analista político, palestrante e tradutor. Seu trabalho tem foco nas relações entre linguagem e poder e em construções de narrativas. É autor do livro "Por trás da máscara: do passe livre aos black blocs" (ed. Record).

  • 1