Partidos de esquerda quererem montar palanques com seus artistas nestas eleições

PT, PSOL e PSB ingressaram no Supremo Tribunal Federal (STF) com uma ação direta de inconstitucionalidade contra a proibição da realização de showmícios, bem como da apresentação de artistas em comícios e reuniões eleitorais, desde que feitas sem cobrança de cachê. A informação é do site Jota, especializado em jornalismo jurídico.

PUBLICIDADE

Obviamente, a ação também pede que a proibição de showmícios não valha para a realização de “eventos artísticos”, inclusive shows musicais, voltados à arrecadação de recursos para campanha. Esta será a primeira eleição presidencial após decisão do STF proibir a contribuição de empresas.

A iniciativa é do movimento “342 Agora”, criado em 2017 para pressionar os deputados federais a votarem a favor do acolhimento de denúncia contra o presidente Michel Temer. A página do movimento lista entre seus membros Adriana Esteves, Bruno Gagliasso, Caetano Veloso, Camila Pitanga, Carlos Latuff, Daniela Mercury, Fábio Assunção, Marcelo D2, Samuel Rosa, Tico Santa Cruz e Wagner Moura.

Ou seja, o “342 Agora” é mais um astroturf do PT.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Os showmícios foram proibidos durante a minirreforma eleitoral de 2006, assinada por ninguém menos que o presidente Lula.

Agora, muitos artistas fãs de Lula querem a volta dos showmícios. É de se ver que, assim como a Lei da Ficha Limpa, cuja campanha teve o apoio enérgico do PT em 2010, a proibição dos showmícios só era interessante até deixar de ser conveniente para o PT.

PUBLICIDADE

—————

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A revista Senso Incomum número 3 está no ar, com a reportagem de capa “Trump x Kim: Armas nucleares, diplomacia e aço”. Assine no Patreon ou Apoia.se!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Faça os cursos de especiais para nossos leitores de neurolinguística empresarial e aprenda a convencer e negociar no Inemp, o Instituto de Neurolinguística Empresarial!

Conheça o curso Introdução à Filosofia Política de Olavo de Carvalho, ministrado por Filipe Martins na plataforma do Instituto Borborema. Conheça também o curso Infowar: Linguagem e Política de Flavio Morgenstern.

Faça sua inscrição para a série Brasil: A Última Cruzada, do Brasil Paralelo, e ganhe um curso de História sem doutrinação ideológica por este link. Ou você pode aproveitar a promoção com as duas temporadas por apenas 12 x R$ 59,90.

Sem mais artigos