ITA, Colégio Naval, IME e Academia da Força Aérea estão entre as escolas que passarão a oferecer reserva de vagas

A partir de 2019, os concursos para ingresso nas Forças Armadas passarão a oferecer cotas raciais para candidatos negros. A reserva de vagas vem após assinatura de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o Ministério Público Federal e as três forças militares.

PUBLICIDADE

O MPF ajuizou ação civil pública e posteriormente pediu o ajustamento de conduta com base na Lei 12.990/2014, que “reserva aos negros 20% (vinte por cento) das vagas oferecidas nos concursos públicos para provimento de cargos efetivos e empregos públicos”.

O Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), que tem um dos vestibulares mais difíceis do Brasil, adotará o sistema de cotas raciais pela primeira vez no processo seletivo para 2019.

O Colégio Naval, o Instituto Militar de Engenharia (IME) e a Academia da Força Aérea são algumas das outras instituições que passarão a adotar cotas raciais a partir do ano que vem.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais: Cotas na USP: Estudar em uma universidade de ponta não é seu “direito”

—————

PUBLICIDADE

A revista Senso Incomum número 3 está no ar, com a reportagem de capa “Trump x Kim: Armas nucleares, diplomacia e aço”. Assine no Patreon ou Apoia.se!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Faça os cursos de especiais para nossos leitores de neurolinguística empresarial e aprenda a convencer e negociar no Inemp, o Instituto de Neurolinguística Empresarial!

Conheça o curso Introdução à Filosofia Política de Olavo de Carvalho, ministrado por Filipe Martins na plataforma do Instituto Borborema. Conheça também o curso Infowar: Linguagem e Política de Flavio Morgenstern.

Faça sua inscrição para a série Brasil: A Última Cruzada, do Brasil Paralelo, e ganhe um curso de História sem doutrinação ideológica por este link. Ou você pode aproveitar a promoção com as duas temporadas por apenas 12 x R$ 59,90.

Sem mais artigos