Caso (nada) isolado

Agressão a jornalista da Jovem Pan é aula prática de “controle social da mídia”

Manifestantes tentam agredir repórter da Jovem Pan para mostrar como aprendem a lidar com as diferenças na escola

Um repórter da Jovem Pan que estava cobrindo as manifestações de ontem, dia 30, foi ameaçado, intimidado e por pouco não foi linchado pela turba de militantes de esquerda que, enfurecidos, gritavam histericamente na frente da câmera.

Educação não é só um dever do estado, mas de cada um, na sua casa, na escola, em qualquer ambiente social. O que se viu foi uma demonstração crua da violência travestida de princípios elevados que é a marca do ativismo de esquerda.

————–

Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Assine o Brasil Paralelo e tenha acesso à biblioteca de vídeos com mais de 300 horas de conteúdo!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

Não perca o curso Ciência, Política e Ideologia em Eric Voegelin, de Flavio Morgenstern, no Instituto Borborema!

 

Sem mais artigos