defensores de bandidos

Nardoni solto no dia dos pais? Agradeça à esquerda

Colocar assassinos nas ruas achando que são vítimas da desigualdade também liberta um Nardoni ou uma Richthofen

O assassino Alexandre Nardoni poderá desfrutar da saída do dia dos pais. Depois de ser condenado por jogar sua filha da janela, Nardoni poderá sair e passar o dia dos pais em liberdade. A medida é popular na esquerda que acham que todo crime é fruto da condução coletiva da sociedade e não uma escolha individual. Nardoni seria só mais uma vítima contumaz da pressão social de ter que aturar quando um filho faz malcriação.

A coisa é tão fora da realidade, tão surreal, que a esquerda está agora atacando o padre Fabio de Melo porque ele ousou criticar o benefício dado a Nardoni. É a mesma turma que quer a morte de qualquer um que não reze na sua cartilha. Dizer que Lula está na cadeia é, para eles, muito mais ofensivo do que atirar uma criança inocente pela janela.

Da mesma forma, Suzane Richthofen é uma vítima da pressão de ter que pedir dinheiro para os pais pra comprar maconha; e Lula uma vítima da pressão de ter que seguir regras e não roubar enquanto é presidente da república.


————–

Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Não perca o curso Ciência, Política e Ideologia em Eric Voegelin, de Flavio Morgenstern, no Instituto Borborema!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

Assine o Brasil Paralelo e tenha acesso à biblioteca de vídeos com mais de 300 horas de conteúdo!

Sem mais artigos