Podcast

Guten Morgen 36: O fim da esquerda

De ideologia que parecia que dominaria o mundo, a esquerda minguou no planeta a partir de 2016. Nosso podcast analisa se é o fim da esquerda.

Guten Morgen, Brasilien! O aguardado novo episódio do nosso podcast analisará a crise incrível na qual se meteu a esquerda a partir de 2016: como uma ideologia que parecia que tomaria o mundo com suas novas roupagens, como o feminismo, o anti-racismo, a crítica à homofobia, o politicamente correto e o multiculturalismo resultou, pelo contrário, no avanço conservador no mundo?

Não se trata apenas de eleições entre esquerda e direita, que em todos os países com alguma liberdade, tendem a ser pendulares. Nem muito menos algo local ou um mero esgotamento de discurso, se todo discurso é segmentado e direcionado para um público específico, enquanto outra parcela do público irá se encantar por posições diametralmente opostas.

Como sempre, o fim da esquerda trata-se de questões históricas, filosóficas, envolvendo de poder à metafísica, e que analisaremos com carinho nesse episódio, atolado de pedidos atendidos de nossos ouvintes!

E com isso falaremos de filosofia pragmatista e realista, islamismo, Terra plana, aquecimento global, Jean Wyllys, bloggers e youtubers, gestão Reagan e Thatcher, revista piaui, Escola de Frankfurt, literatura, mídia, Hillary Clinton, globalização, Antonio Gramsci, heavy metal e, claro, qual é a grande verdade.

Por fim, em nossa seção de literatura, comentaremos uma das maiores obras da literatura russa: Pais e Filhos, de Ivan Turguêniev, o livro que tornou a palavra “niilismo” famosa. Na obra, acompanhamos várias dicotomias, como a do jovem estudante de medicina, materialista e niilista, Yevgeny Bazárov, contraposto à “velha ordem” dos pais de seu amigo, Arkady Kirsanov. Lá está a tensão entre o novo e o velho, o campo e a cidade, os “intelectuais” e o conhecimento da tradição, a classe alta com a classe baixa e, naturalmente, os pais contra os filhos. Algo pode ser mais atual do que isso? Nosso colunista Flavio Gordon já fez uma análise do livro aplicado à nossa realidade contemporânea aqui.

A produção é de Filipe Trielli e David Mazzuca Neto, no estúdio Panela ProdutoraGuten Morgen, Brasilien!

—————

Assine nosso Patreon ou Apoia.se e tenha acesso à nossa revista digital com as Previsões 2017!

Sem mais artigos