fbpx

Digite para buscar

MP nas Eleições 2018

Alckmin é processado por improbidade administrativa

Promotor pede perda de eventual função pública que candidato venha a ocupar

Compartilhar

O Ministério Público de São Paulo (MPSP) ajuizou ação de improbidade administrativa contra o ex-governador de São Paulo e candidato à Presidência Geraldo Alckmin (PSDB) por supostamente ter recebido R$ 10 milhões via caixa 2 da Odebrecht para campanhas eleitorais. A notícia foi publicada nesta quarta (5) no Jota.

O MP pede que Alckmin seja condenado à perda dos valores ilicitamente acrescidos aos patrimônios, perda de eventual função pública que ocupe e a suspensão dos direitos políticos.

Segundo a ação, Alckmin aceitou mais de R$ 7,8 milhões da Odebrecht, não declarados à Justiça Eleitoral, entregues por meio do esquema fraudulento de caixa dois, para a campanha à reeleição ao cargo de governador.

Segundo o promotor Ricardo Manuel Castro, a intenção da Odebrecht era manter o projeto de concessões e privatizações no Estado, bem como acobertar diversas fraudes à lei de licitações, tais como formação de cartel e superfaturamento de obras, em especial as da Linha 6 do Metrô.

A campanha de Alckmin respondeu que “a conclusão do promotor desafia a decisão do STJ, o entendimento consolidado do MP Federal, sendo notória a sua fragilidade técnica, irregularidade e ilegalidade”. Também informou que “[c]ausa preocupação que o promotor responsável pela peça, conforme noticiado pela imprensa, tenha buscado engajar colegas da instituição em uma espécie de desagravo público. Transformar as ações do Ministério Público em atos políticos não é compatível com o estado de normalidade democrática que vivemos hoje no Brasil”.

Leia também: Alckmin confunde o nome de sua vice com Kátia Abreu ao vivo

—————

A revista Senso Incomum número 3 está no ar, com a reportagem de capa “Trump x Kim: Armas nucleares, diplomacia e aço”. Assine no Patreon ou Apoia.se!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Faça os cursos de especiais para nossos leitores de neurolinguística empresarial e aprenda a convencer e negociar no Inemp, o Instituto de Neurolinguística Empresarial!

Conheça o curso Introdução à Filosofia Política de Olavo de Carvalho, ministrado por Filipe Martins na plataforma do Instituto Borborema. Conheça também o curso Infowar: Linguagem e Política de Flavio Morgenstern.

Faça sua inscrição para a série Brasil: A Última Cruzada, do Brasil Paralelo, e ganhe um curso de História sem doutrinação ideológica por este link. Ou você pode aproveitar a promoção com as duas temporadas por apenas 12 x R$ 59,90.

[amazon asin=8501110825&template=iframe image2][amazon asin=B07684RVL3&template=iframe image2][amazon asin=8581638643&template=iframe image2][amazon asin=B06XC7T18X&template=iframe image2][amazon asin=B01NAUSD9I&template=iframe image2][amazon asin=8576843161&template=iframe image2][amazon asin=B006FUUKPO&template=iframe image2][amazon asin=8592649218&template=iframe image2][amazon asin=859264920X&template=iframe image2][amazon asin=B00ZB5PRS4&template=iframe image2][amazon asin=8592649293&template=iframe image2][amazon asin=8520925944&template=iframe image2]

Assuntos:
Senso Incomum

Senso Incomum é um portal de idéias e opiniões contra a corrente de pensamentos automáticos da última moda. Apenas com uma âncora se pode navegar mais longe, ao invés de boiar à deriva. Siga no Twitter: @sensoinc e no Facebook: /sensoincomumorg.

  • 1