Néscia

Grande mídia ignora Maria do Rosário fingindo agressão

"Acuse-os do que você faz". Maria do Rosário, a tresloucada, encarna perfeitamente o lema de Lenin

Publicidade

Comum nos campos brasileiros, a simulação de faltas está fazendo adeptos até no mundo da política. Maria do Rosário, aquela que xinga e depois reclama que foi xingada em resposta, aquela que manda calar a boca, toma uma invertida e depois processa pela invertida, resolveu aprontar mais uma. Maria do Rosário é a deputada mais tarja preta do congresso.

Numa das mais patéticas cenas já gravadas no congresso, Maricota empurrou um deputado e depois tentou fazer-se de vítima dizendo que a empurrada foi ela. A insanidade da deputada não é nenhuma novidade.

A grande mídia, no entanto, tão hábil em captar toda sorte de sutilezas, intenções veladas, espirros e coçadinhas no nariz do presidente Bolsonaro e seu núcleo no governo, não deu uma nota sequer.

Se resta a alguém alguma dúvida de que a grande mídia é conivente com os maiores bandidos do país e que tenta a todo custo derrubar Bolsonaro, talvez esse episódio ajude a clarear as coisas.

Os deputados tem a obrigação de pedir a cassação da deputada por quebra de decoro.

————–

Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Assine o Brasil Paralelo e tenha acesso à biblioteca de vídeos com mais de 300 horas de conteúdo!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

Não perca o curso Ciência, Política e Ideologia em Eric Voegelin, de Flavio Morgenstern, no Instituto Borborema!

 

Publicidade
Sem mais artigos