fbpx

Digite para buscar

Vem, meteoro!

Deputado do PSL quer criminalizar gêneros musicais (!) com letras “ofensivas”

Charlles Evangelista quer criminalizar gêneros musicais inteiros com "expressões pejorativas ou ofensivas", porque palavras machucam

Compartilhar
5194/2019, Charlles Evangelista, PSL, música

O projeto de lei 5194/2019, apresentado por Charlles Evangelista, deputado do PSL-MG, visa criminalizar estilos musicais que contenham “expressões pejorativas ou ofensivas” e que estimulem:

a) O uso e o tráfico de drogas e armas;
b) A prática de pornografia, pedofilia ou estupro;
c) Ofensas à imagem da mulher;
d) O ódio à polícia.

Vale ressaltar que caso uma música viole esses termos, o gênero musical seria criminalizado.

“Desse modo, a criminalização de estilos musicais nesse sentido seria uma forma de garantir a saúde mental das famílias e principalmente de crianças e adolescentes que ainda não tem o discernimento necessário para diferenciar o real do imaginário”.

Caso uma letra de rock seja ofensiva quem o deputado vai criminalizar? O inventor do rock?

O projeto ainda aguarda o parecer do relator na Comissão de Cultura.

————-

Conheça o plano do centrão e da isentosfera para derrubar Bolsonaro e censurar as redes sociais na nossa revista exclusiva para patronos!

O Senso Incomum agora tem uma livraria! Confira livros com até 55% de desconto exclusivo para nossos ouvintes aqui

Assuntos:
Oliver

Oliver é dropista, podcaster e palestrante. Twitter: @Oliver_talk

  • 1