Vem, meteoro!

Deputado do PSL quer criminalizar gêneros musicais (!) com letras “ofensivas”

Charlles Evangelista quer criminalizar gêneros musicais inteiros com "expressões pejorativas ou ofensivas", porque palavras machucam

Publicidade

O projeto de lei 5194/2019, apresentado por Charlles Evangelista, deputado do PSL-MG, visa criminalizar estilos musicais que contenham “expressões pejorativas ou ofensivas” e que estimulem:

a) O uso e o tráfico de drogas e armas;
b) A prática de pornografia, pedofilia ou estupro;
c) Ofensas à imagem da mulher;
d) O ódio à polícia.

Vale ressaltar que caso uma música viole esses termos, o gênero musical seria criminalizado.

“Desse modo, a criminalização de estilos musicais nesse sentido seria uma forma de garantir a saúde mental das famílias e principalmente de crianças e adolescentes que ainda não tem o discernimento necessário para diferenciar o real do imaginário”.

Caso uma letra de rock seja ofensiva quem o deputado vai criminalizar? O inventor do rock?

O projeto ainda aguarda o parecer do relator na Comissão de Cultura.

————-

Conheça o plano do centrão e da isentosfera para derrubar Bolsonaro e censurar as redes sociais na nossa revista exclusiva para patronos!

O Senso Incomum agora tem uma livraria! Confira livros com até 55% de desconto exclusivo para nossos ouvintes aqui

Publicidade
Sem mais artigos