Digite para buscar

Direitos digitais

Ministério da Justiça compra 600 tablets para presos conversarem com seus familiares

Coronavírus está sendo mais efetivo que os direitos humanos

Avatar
Compartilhar
presos, tablets, ministério da Justiça

O Ministério da Justiça, de acordo com matéria publicada hoje (13) pela revista Época, está comprando 600 tablets para ser usados por condenados em presídios federais.

O objetivo é manter acesa a chama do relacionamento, da união e da fraternidade entre os prisioneiros e seus familiares.

Não sei se é obrigatório por lei ou se isso saiu da cabeça de algum juiz iluminado, de qualquer forma, isso mostra que ser bandido no Brasil compensa.

O prisioneiro já tem um custo alto para os pagadores de impostos. O Trabalhador informal, que carrega peso do Estado nas costas, vai receber umas míseras migalhas do governo e terá que se virar com a crise economica que certamente virá.

O presidiário seguirá recebendo comida, banho de sol e abraços dos progressistas.


Guten Morgen Go – Primeira Guerra Mundial já está no ar!! Conheça o conflito que moldou o mundo problemático em que vivemos em go.sensoincomum.org!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum

Assuntos:
Avatar
Oliver

Oliver é dropista, podcaster e palestrante. Twitter: @Oliver_talk

  • 1