LOADING

Type to search

Censura

Exclusão de conta do PayPal de Olavo de Carvalho é criticada até pelo UOL (!)

"As empresas não podem, a partir de convicções unilaterais, impedir o exercício da atividade econômica, sob pena de estar discriminando aqueles que pensam diferente dos seus modelos editoriais ou de gestão", disse advogado ao UOL

Avatar
Share

Após a conta do filósofo Olavo de Carvalho ser desativada pelo Paypal por pressão do Sleeping Giants, o portal UOL, critico contumaz do filósofo, publicou ontem uma entrevista com alguns advogados argumentando que o PayPal pode ter ferido direitos essenciais do consumidor e cometido o cerceamento da liberdade de expressão do autor:

As empresas não podem, a partir de convicções unilaterais, impedir o exercício da atividade econômica, sob pena de estar discriminando aqueles que pensam diferente dos seus modelos editoriais ou de gestão“, disse o advogado Flávio Pansieri, fundador da Academia Brasileira de Direito Constitucional.

De acordo Vera Chemim, advogada constitucionalista, o veto do Paypal é um erro, pois fere o artigo 5º da Constituição – um dos incisos do artigo é a livre manifestação do pensamento “[…] e também há outro inciso que defende o livre exercício de qualquer ofício ou profissão“.

O especialista em direito internacional Saulo Stefanone Alle salienta que censurar idéias “por outra forma que não seja o debate livre e aberto significa fazer prevalecer uma perspectiva subjetiva pela força“.

Até o momento o PayPal não explicou qual foi o vídeo, livro ou curso que justificou a exclusão do professor Olavo de Carvalho de seus sistema de pagamento.


Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Tags:
Avatar
Oliver

Oliver é dropista, podcaster e palestrante. Twitter: @Oliver_talk

  • 1