Digite para buscar

Eleições EUA 2020

Instituto crava resultado de 98% da apuração no Arizona com apenas 86% dos votos contados

Edison Research, instituto utilizado pelas principais organizações de mídia, comete erro grosseiro afirmando 98% de votos apurados quando o número real ainda era de 86%

Avatar
Compartilhar
Instituto crava resultado de 98% da apuração no Arizona com apenas 86% dos votos contados Edison Research, instituto utilizado pelas principais organizações de mídia, comete erro grosseiro afirmando 98% de votos apurados quando o número real ainda era de 86%

Um dos principais institutos de pesquisa de mídia dos EUA, utilizado pelos maiores grupos de comunicação, cometeu um erro que pode mudar um cenário que parecia consolidado no estado do Arizona em favor do democrata Joe Biden.

O editor do New York Times, Patrick LaForge, tuitou: “Foi encontrado um erro nos dados da Edison Research sobre os resultados do Arizona – 86% das cédulas foram contadas, e não 98%. O NYT não declarou vitória no estado para Biden, embora ele ainda lidere.”

Questionado sobre qual a porcentagem de votos apurados foram presenciais ou enviados por correios, Laforge respondeu: “De acordo com Edison Research, 100 por cento das cédulas por correios já foram contadas, mas acho que esperaria pela divulgação de dados [oficiais] para corrigir estes dados antes de confirmá-los. O Arizona acabou de acordar (diferença de fuso horário) e presumimos que os funcionários de lá esclarecerão as coisas hoje.”

O editor-chefe do National Journal, Jeff DuFour, observou: “Isso dá algum crédito ao argumento de Trump, em uma ligação com repórteres, de que espera avançar no Arizona, porque a maioria dos votos pendentes está em território favorável a Trump.”

Segundo o Daily Wire, depois que a Fox News declarou a vitória de Biden no Arizona, o governador do estado, Doug Ducey, que é do Partido Republicano, ficou furioso.

fim-das-nacoes-brasil-paralelo

“É muito cedo para declarar vitória no Arizona”, escreveu Ducey. “Vamos contar os votos – todos os votos – antes de fazer declarações.”

Jason Miller, consultor sênior da campanha de Trump, escreveu no Twitter: “A Fox News é uma exceção completa ao declarar vitória no Arizona, e outros meios de comunicação não deveriam seguir o exemplo. Ainda há mais de 1 milhão de votos do dia da eleição esperando para serem contados – pressionamos nosso pessoal a votar no dia da eleição, mas agora a Fox News está tentando invalidar seus votos!”


Seja membro da Brasil Paralelo e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nósVista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1