Digite para buscar

Globalismo

EUA quer voltar ao Conselho de Direitos Humanos da ONU

Governo Biden quer ser sócio do clubinho que conta com países como China, Cuba e Venezuela, supremos guardiões dos Direitos Humanos

Avatar
Compartilhar
EUA quer voltar ao Conselho de Direitos Humanos da ONU

O secretário de estado americano, Antony Blinken, anunciou na segunda-feira, 8, que os EUA pretendem voltar a ocupar uma cadeira no Conselho de Direitos Humanos da ONU, revertendo mais uma das decisões do ex-presidente Donald Trump no campo da política externa.

O país se retirou do conselho em 2018, principalmente por conta do viés anti-Israel (os israelenses receberam, de longe, o maior número de resoluções críticas do conselho). Além disso, Trump questionou a autoridade de um órgão de promoção de Direitos Humanos que tem como membros países já conhecidos por violações de direitos como China, Rússia, Cuba, Eritreia e Venezuela.

Embora os EUA tenham apenas o status de observador sem direito a voto, por enquanto, as autoridades americanas dizem que o governo pretende buscar um dos três assentos de membro efetivo que ficarão vagos quando os atuais mandatos da Áustria, Dinamarca e Itália expirarem no final de 2021.

Desde que assumiu o cargo no mês passado, o presidente Joe Biden voltou a aderir ao acordo de Paris e à Organização Mundial da Saúde. Também sinalizou interesse em retornar ao acordo com o Irã, bem como aderir às pautas da UNESCO.

Com informações de Associated Press e Breitbart News.


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1