Digite para buscar

Jornalismo imparcial

Vera Magalhães solta fake news sobre “defesa de golpe”

Jornalista da TV Cultura apagou tweet em que acusa Eduardo Bolsonaro de "defender um golpe". Está saindo caro defender a Constituição com nossos jornalistas

Compartilhar
playmovera2

Na sua autobiografia, Woody Allen diz que “algumas pessoas veem o copo meio vazio; outras, o veem meio cheio. Eu sempre vi o caixão meio cheio”. Quando olhamos para a prática do nosso jornalismo atual é impossível não ser tomado por esse mesmo otimismo de ver o caixão totalmente cheio.

É uma tristeza sem tamanho. Com as honrosas e heróicas exceções de sempre, nossa imprensa se esmera em atingir o patamar mais fundo de toda a sua história: abaixo do nono círculo do inferno dantesco. 

Historicamente destinados ao oitavo círculo, por disseminarem a discórdia em vida, junto dos sedutores, dos lisonjeiros, nossa classe jornalística está atualizando vertiginosamente a sua hilarotragoedia*.

O acúmulo de prerrogativas faz com que se estabeleça uma espécie de décimo círculo, cuja paisagem urge ser criada por um novo Dante, ainda que mais modesto. 

No seu mais recente capítulo de destemor ante a vergonha, uma das mais conceituadas representantes do jornalismo profissional do país, Vera Magalhães, alegou que Eduardo Bolsonaro estava “defendendo um golpe” ao noticiar como o congresso de El Salvador usou sua constituição para destituir membros do seu Supremo Tribunal.

A jornalista apagou o tuíte, mas a graciosidade do constrangimento está devidamente registrada graças ao recurso print screen. Tenham um bom dia.

*Hilarotragoedia é um livro de Giorgio Manganelli em que se narra de forma anedótica uma descida aos infernos. Um dos livros mais estranhos e interessantes que li.


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Carlos de Freitas

Carlos de Freitas é o pseudônimo de Carlos de Freitas, redator e escritor (embora nunca tenha publicado uma oração coordenada assindética conclusiva). Diretor do núcleo de projetos culturais da Panela Produtora e editor do Senso Incomum. Cutuca as pessoas pelas costas e depois finge que não foi ele. Contraiu malária numa viagem que fez aos Alpes Suiços. Não fuma. Twitter: @CFreitasR

  • 1