fbpx

Digite para buscar

Jornalismo investigativo

Folha diz que Bolsonaro chamou traficantes de bandidos “sem prova”

Jornal de extrema esquerda que inventou o “diz leitor” quer que Bolsonaro prove que traficantes portando fuzil, sub-metralhadora e granada não estavam apenas brincando de pique esconde e empinando pipa

Compartilhar
jacarezinho1

O jornal ultra esquerdista Folha de S.Paulo disse que Bolsonaro não tinha provas para chamar traficantes que roubam e matam de “traficantes que roubam e matam”. 

Segundo o folhetim, como as investigações não foram concluídas, o presidente não poderia ter dito que a patota que portava uma sub-metralhadora, fuzis, granadas e até munição anti-tanque, eram traficantes.

A vida no jornal esquerdista anda tão difícil que sua matéria é um elogio ao presidente. Ao prestar homenagem ao policial morto durante a ação, Bolsonaro fez o que qualquer pessoa com um mínimo de senso faria.

Fora das redações, a polícia ainda é respeitada e vista como parte importante da segurança pública. No mundo real, onde não se politiza sobre cadáveres, há ainda uma distinção entre quem protege e quem ameaça a vida, independentemente de cor, gênero ou opção sexual.

Esse é o mesmo jornal que criou uma das mais bizarras formas de inventar factóides de todo mundo: o “diz leitor”.


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Senso Incomum

Senso Incomum é um portal de idéias e opiniões contra a corrente de pensamentos automáticos da última moda. Apenas com uma âncora se pode navegar mais longe, ao invés de boiar à deriva. Siga no Twitter: @sensoinc e no Facebook: /sensoincomumorg.

  • 1