fbpx

Digite para buscar

Militares israelenses abortam ataque aéreo por acreditarem que havia crianças na área

Compartilhar

No último domingo (17) as Forças de Defesa de Israel (IDF) divulgaram imagens de uma operação militar para atingir alvos terroristas palestinos. Porém, o ataque foi cancelado porque as autoridades acreditavam que havia crianças na área.

As imagens vão de encontro às afirmações dos democratas de extrema esquerda.

Ao comentar sobre um ataque das forças de Israel a um edifício de uma empresa de mídia palestina no fim de semana, a parlamentar Democrata Rashida Tlaib alegou falsamente que Israel estava atacando organizações de mídia para que o mundo fosse impedido de ver “a morte de bebês”.

Em resposta, os oficiais da inteligência israelense afirmaram que havia terroristas palestinos no prédio – até um ex-funcionário de Obama confirmou a versão da inteligência israelense.

A parlamentar somali-americana Ilhan Omar (Partido Democrata) afirmou que a América estava permitindo que “civis fossem massacrados” por Israel.

No entanto, o IDF divulgou um vídeo de um confronto militar nos últimos dias, que mostrava um piloto sendo instruído a se retirar porque o controle de comando acreditava que havia crianças nas proximidades.

Adam Milstein, um dos fundadores e atual presidente do Conselho Israelense-Americano, postou o vídeo do IDF no twitter com o seguinte comentário:

“Apesar das acusações caluniosas de indivíduos anti-Israel, as Forças de Defesa de Israel estão indo além para minimizar as vítimas civis. Veja esta filmagem de como cancelaram um ataque devido à presença de civis.

O piloto teve a seguinte interação com o Controle de Comando de Israel:

Controle de comando: Verifique se há crianças lá, há crianças lá.
Piloto: Eles estão indo muito rápido, não podem ser crianças.
Controle de comando: Provavelmente há crianças aqui, estamos parando tudo.
Piloto: Isso mesmo, há (…) alguns pequenos.
Comando de controle: Suspeitamos que haja crianças aqui e não vamos continuar (…).

Com informações de Daily Wire


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Luigi Marnoto

Luigi Marnoto é cozinheiro e só não foi guia de cego e bombeiro. Atualmente escreve no Senso em troca de uns caraminguas. É pai e avô quase exemplar e campeão de porrinha.

  • 1